Solidariedade do Portal Desacato com os/as trabalhadores do jornal Tiempo Argentino

Na madrugada de hoje, segunda-feira 4 de julho, uma gangue fascista de umas 22 pessoas destruiu a redação do jornal Tiempo Argentino. Levaram documentação e ainda, agrediram funcionários e cortaram todos os cabos e a comunicação da redação com o exterior. Tudo, com o acompanhamento do “empresário” Mariano Martínez Rojas, que diz ser o novo dono. Os criminosos saíram do lugar escoltados pela polícia argentina.

Em abril, foi formada “Por Mais Tempo”, a Cooperativa dos trabalhadores/as de Tiempo Argentino, depois que os antigos donos, Sergio Szpolski e Matías Garfunkel, fossem embora sem pagar salários durante 7 meses. O suposto comprador Mariano Martínez Rojas nunca apareceu.

O Portal Desacato se solidariza com os/as trabalhadores/as da Cooperativa “Por Más Tiempo” e repudia o ataque próprio da época da ditadura militar. Os ataques fascistas estão na ordem do dia, não só na Argentina, mas também no Brasil e no nosso continente. É a violência do ódio dos que querem vender todos nossos recursos, tirar os nossos direitos e conquistas, que tanto sangue custaram. São os mesmos que possuem os meios de comunicação e que, agora, além de manipular, partem para a violência e destruição da mídia independente, autogestionária. Por isso se faz cada vez mais necessário tender redes de jornalismo solidário, precisamos nos fortalecer cada vez mais. O Portal Desacato trabalha para isso junto com os seus parceiros. Aqueles que quiserem se unir a nós nessa guerra midiática são bem-vindos.

NÃO CALARÃO A VOZES DO POVO!

0 @juanmadanza
Foto: @juanmadanza
1 @pablonavarrocks
Foto: @pablonavarrocks
2 @pablonavarroks
Foto: @pablonavarrocks
3 @pablonavarrocks
Foto: @pablonavarrocks
6
Foto: @maticolombatti
Foto: @omaralicandanga
Foto: @omaralicandanga

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.