Servidores em educação de Sao José aprovam fim da Greve

Servidores em educação de Sao José aprovam fim da Greve

Servidores municipais em educação de São José decidiram pôr fim à greve que iniciou dia 27 de março contra a reforma administrativa da prefeita reeleita Adeliana Dal Pont (PSD), na qual a Câmara de Vereadores revogou as leis 5552 e 5553, ambas de 2016, referentes ao Plano de Carreira dos trabalhadores.
A decisão da assembleia realizada no final da tarde do dia 20 de abril avalioue aprovou a negociação entre os representantes da categoria, do Executivo e Legislativo intermediada pelo Ministério Público de Santa Catarina e Tribunal de Justiça estadual. A negociação garantiu a promessa de que
as leis revogadas voltariam ao plenário da Câmara para votação até o dia 28 de abril, mesmo com o adendo de respeito à Lei de Responsabilidade Fiscal defendido pela Prefeitura mas com o comprometimento do Executivo e do Legislativo extinguirem 25% dos 197 cargos comissionados atuais, além do não desconto dos dias parados, cujo calendário de reposição ainda deverá ser acordado.

Os servidores, no entanto não ficaram satisfeitos com a totalidade do acordo e vão continuar em vigília na Câmara. Alegam que a atual administração já traiu os servidores ao revogar leis e agir de maneira autoritária no decorrer da greve.
Eles voltam ao trabalho dia 24 de abril.

Silvia Agostini Pereira com informações de Sintram-SJ

Você precisa estar logado para postar um comentário Login