Servidores do INSS respondem à declaração de Paulo Guedes e realizam ato em Florianópolis

Foto: Divulgação

Nesta sexta-feira (14), os servidores do INSS em Santa Catarina realizam um protesto, a partir das 9h, em frente à Agência da Previdência Social (APS) da Rua Felipe Schmidt, no Centro de Florianópolis.

A ação é uma resposta às declarações do Ministro da Economia, Paulo Guedes, que chamou de “parasitas” os servidores públicos. Os trabalhadores também protestam contra o fechamento da Agência da Previdência da Avenida Ivo Silveira, na Capital, e pedem a realização de concurso público.

Os servidores da Anvisa e do Ministério da Saúde também participarão do ato que pretende chamar a atenção da população para a importância do serviço público.

“Ao chamar os servidores públicos de “parasitas”, o ministro Paulo Guedes demonstra desprezo por nós que enfrentamos junto com a população, o caos a que o Governo submeteu o INSS. A falta de concurso público esvaziou o quadro de trabalhadores, ampliando a dificuldade da população de ser atendida e sobrecarregando os poucos servidores que trabalham no órgão. Há um servidor para cada 3 mil segurados, o que impossibilita condições adequadas de atendimento à população e de trabalho aos profissionais”, afirma a Coordenadora do Sindprevs/SC, Vera Lúcia da Silva Santos.

Ela também alerta que convocar reservistas das Forças Armadas para suprir o déficit de servidores não é a solução. Além de não possuírem conhecimento técnico, dão um caráter militar a um órgão que atua para a proteção da sociedade civil.

“Sem concurso público, não há possibilidade de melhora no atendimento do INSS, o esvaziamento do quadro funcional colabora para o desmonte completo do sistema previdenciário. Defendemos a previdência pública que atenda a toda a população. Também defendemos o atendimento de qualidade nas APSs de todo o País. Não somos parasitas, queremos condições de trabalho para melhorar o atendimento aos segurados”, finaliza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.