Servidores de Xaxim param seus trabalhos para reivindicar seus direitos

Foto: SITESPM-CHR.

Entre as reivindicações estão as pendências de reposição salarial de 2017 e 2018

Xaxim- Ontem, segunda-feira (2) aconteceu em frente da prefeitura de Xaxim greve dos servidores municipais.

O movimento tem o objetivo de lutar em defesa dos pontos pendentes da data-base 2017 e 2018.

Reivindicações da categoria data-base 2018:

1- Reajuste de 6,81% para todos os servidores;

2- Acréscimo na Regência de Classe aos professores de 2% retroativo a fevereiro/2018;

3- Progressão por Curso e Assiduidade aos professores de 2% retroativo a março/2018;

4- Progressão por Mérito dos servidores de 1% referente a 2018.

Reivindicações pendentes data-base 2017:

1- Resíduo de reposição de 3,47% referente a data-base maio/16 devido aos servidores;

2- Resíduo de reajuste de 4,47% referente a data-base maio/16 devido aos professores;

3- Progressão por Mérito dos servidores de 1% referente a 2017;

4- Acréscimo de 2% a Regência de Classe dos professores referente a fevereiro/2017;

5- Progressão por Cursos e Assiduidade de 2% dos professores referente a março de 2017;

6- Cumprimento da Lei nº 168/2015 que regulamentou aumento de vencimento para os cargos integrantes da equipe de Enfermagem;

7- Pagamento do reajuste aos professores de 7,64% referente ao Piso Nacional do Magistério em 2017;

8- Reposição Salarial aos servidores de 3,99% referente a maio/2017.

Segundo a presidenta do SITESPM-CHR Vania Barcellos, o prefeito Lírio Dagort (PSD), mantém sua postura intransigente de não negociar com o Sindicato, pois encaminhou à Câmara de Vereadores uma reposição de 2,53% referente aos meses do seu mandato, 1º de janeiro de 2017 a 30 de março de 2018, o que não satisfaz a categoria.

Como a dívida do município relativa as datas-base 2017-2018 se mantém, o prefeito não deixou outra alternativa aos servidores a não ser a mobilização em forma de greve que inicia no dia 02 de julho em frente a prefeitura.

Vania complementa dizendo estar preocupada com o futuro do município de Xaxim, já que a dívida do Governo Lírio Dagort (PSD) aumenta ano após ano e o Sindicato cobrará na Justiça tudo o que é direito dos servidores, desta forma, um dia esta conta baterá à porta do município e terá que ser paga independente de quem seja o prefeito. Mas, segundo Vania, o prefeito Lírio Dagort (PSD) não parece se preocupar com isso e deixa uma grande dívida para seu sucessor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.