Sem Terra ocupam prefeitura de Rio Bonito e reivindicam melhorias na educação

Foto: Comunicação MST

Por Jaine Amorim.

Na manhã de segunda-feira (27), a prefeitura de Rio Bonito do Iguaçu/PR foi ocupada por cerca de 200 integrantes do MST, entre eles 70 crianças, os demais são jovens estudantes e seus pais. 

Esta é a segunda ocupação da prefeitura neste ano de 2018. A pauta segue na mesma linha da anterior, em que a infraestrutura direcionada para a questão da educação, está na centralidade do debate. Principalmente no que se refere a adequação e cascalhamento imediato dos 150 km de estrada que são linhas escolares no Acampamento Herdeiros da Terra de Primeiro de Maio.

As famílias tem como pauta principalmente questões relacionadas a educação, como melhorias nas estradas, sendo este um problema histórico do assentamento e o principal destacado na pauta, pois este ano os 400 alunos da escola já perderam 31 dias letivos.

Em 2017 foram 58 dias letivos sem transporte escolar para os 545 educandos por falta de condição de rodagem das estradas. Em 2018 já tivemos 31 dias letivos sem transporte aos educandos devido às péssimas condições da estrada e à falta de 3 ônibus escolares. Em torno de 400 educandos estão sem transporte escolar.

Para além das melhorias em estrada, as famílias pedem por transporte escolar que atenda a todos os alunos, auxilio para o término da construção e soluções para os problemas de acesso a água da Nova sede da Escola Herdeiros do Saber. Já relacionado a Saúde dos/as acampados/as pedem transporte de saúde e a retomada do atendimento semanal no acamamento.

As famílias sentem-se violadas, quando o governo não atende suas solicitação para solução de problemas históricos, o descaso com estas pessoas viola os direito Humanos, assim violando a constituição de 1988, que prevê saúde educação públicas de qualidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.