Sem medo nem culpa. Por Claudia Weinman

Foto: Claudia Weinman, para Desacato. info.

Por Claudia Weinman, para Desacato. info. 

Medo.

Consciência do perigo.

Preso, presa, medo.

Sentir responsabilidade por dano fraudado igual a: culpa.

Sentimento.

Feminino: Relativo à ou próprio de mulher: errado!
“Respeite o seu feminino” igual a: invenção do patriarcado.

Europa: conhecimento
Europa: filosofia
Povos: cosmovisão

Não corresponde também!

Europa não “inventou” as lutas dos povos do mundo nem das mulheres que constituem a maioria dos povos do mundo.
Pensemos:
Estado de libertação igual a: sem medo nem culpa.
Segura do: conhecimento.
Lúcida.
Estamos livres?
Isso é individual?
Não.
Mas ser inteira na luta é melhor do que sentir-se só (sozinha/somente) uma metade.
No lugar da culpa, do medo, do sentir essas coisas todas, olho para as mãos.
Agora, já não só lavam coisas. Produzem o que desejo, escrevem, reagem e: respondem.

Claudia Weinman é jornalista, diretora regional da Cooperativa Comunicacional Sul no Extremo Oeste de Santa Catarina. Militante do coletivo da Pastoral da Juventude do Meio Popular (PJMP) e Pastoral da Juventude Rural (PJR).

A opinião do autor/a não necessariamente representa a opinião de Desacato.info.

#Desacato13Anos

#SomandoVozes

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.