Segundo dia da XXII Assembleia Geral do Conselho Indigenista Missionário inicia com momento celebrativo

Por Julia Saggioratto, para Desacato.info, com imagens e informações de Ivan César Cima.

No segundo dia a XXII Assembleia Geral do Conselho Indigenista Missionário, que acontece em Luziânia, em Goiás, as atividades iniciam com momento celebrativo, em romaria. De acordo com Ivan César Cima, do CIMI Sul, a atividade celebrou as lutas e resistências nos diferentes biomas, relembrando, também, a campanha da fraternidade.

No vídeo missionários e indígenas, em romaria, celebram o cuidado necessário com a Mãe Terra, com os biomas, reafirmando a necessidade de enfrentar o agronegócio, o hidronegócio e todo o mal que causa a destruição do planeta e expulsa os povos de seus territórios tradicionais.

Logo em seguida uma mesa com lideranças indígenas de diferentes regiões apontaram a importância da luta pela garantia dos territórios, de resistir frente ao agronegócio, defendendo a vida. As lideranças seguem afirmando que a terra é sagrada, terra não tem fim. Que o território não se negocia.

Em seguida será feita a leitura do relatório da presidência do CIMI, o qual apresenta as atividades realizadas no ano de 2016 pela entidade. “O relatório faz memória das lutas e aponta sinais para sequência de nossa caminhada”, comenta Ivan César Cima.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.