Sede do PT Municipal de Florianópolis é invadida, dois dirigentes feridos

Por Sílvia Agostini, para Desacato.info.

Na noite de 29 de setembro, a Sede do Partido dos Trabalhadores de Florianópolis/SC foi invadida por um homem que feriu dirigentes do partido Rogério Canali e Nina Marques e também destruiu equipamentos e computadores.  O nome do homem, munido de facão, não foi divulgado embora tenha sido identificado na portaria do prédio comercial onde se localiza a Sede.

De acordo com a nota da Direção Executiva Municipal do Partido, esse ataque resulta da disseminação “de ódio por setores irresponsáveis da imprensa, judiciário, Ministério Público e aparelho policial, bem como manifestações inconsequentes e fascistas que se verificam nas redes sociais, consubstanciando-se em verdadeiro estímulo, incentivo, senão encorajamento, à prática de atos de insensatez e violência, no seio da sociedade”. Também reitera que vai prosseguir  na luta em defesa da democracia.

Ano passado sofreram ataques também as sedes estadual e municipal de Joinville.

Leia nota oficial:

“NOTA DO PARTIDO DOS TRABALHADORES DE FLORIANÓPOLIS

Semear e praticar o ódio não é solução para a paz!

No dia de hoje, a sede do Partido dos Trabalhadores de Florianópolis foi alvo de uma investida injustificada. Lamentavelmente e sem qualquer justificativa razoável, um cidadão desconhecido e, aparentemente, tomado de ódio, atacou o dirigente municipal que se encontrava trabalhando no local, agredindo-o fisicamente e produzindo-lhe graves lesões. Não satisfeito, descarregou sua ira quebrando parte dos móveis e equipamentos, inclusive computadores, existentes na instituição.

O Partido dos Trabalhadores de Florianópolis repudia, com todo vigor e veemência, a violência de que foi vítima, com seu dirigente, e atribui conduta delituosa desta dimensão como reflexo  do ódio disseminado por setores irresponsáveis da imprensa, judiciário, ministério público e aparelho policial, bem como manifestações inconsequentes e fascistas que se verificam nas redes sociais, consubstanciando-se em verdadeiro estímulo, incentivo, senão encorajamento, à prática de atos de insensatez e violência, no seio da sociedade.

Ao longo de sua história, o PT, seus dirigentes e militantes, tem buscado a defesa da maioria de nosso povo e a justiça social, sendo incontestável que, ao mesmo tempo, nestes últimos anos, combateu a fome e a miséria, garantiu o pleno emprego, defendeu nossa soberania e elevou o país a patamares impressionantes com os governos Lula e Dilma.

O PT de Florianópolis não se abaterá com violência e ameaças como esta, e, por isso, reitera que prosseguirá firme na Luta em defesa da democracia e do nosso legado, e comunica aos seus partidários e à sociedade em geral que adotará todas as providências e medidas, no âmbito político, criminal e civil em consequência dos inusitados acontecimentos, para que a justiça seja assegurada e punido exemplarmente o delinquente.

Florianópolis 29 de setembro de 2017.

Executiva Municipal do Partido dos Trabalhadores de Florianópolis.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.