Se houver troca de governo, 5 ministros perdem foro privilegiado

2017-05-29 08:28

temereministros-868x644

A Esplanada de Michel Temer tem 10 titulares encrencados na Justiça. Cinco deles ficariam desprotegidos caso tivessem de deixar o cargo. Sem mandato, perderiam o foro privilegiado e teriam seus processos remetidos à 1ª instância.

Esse é um dos fatores que joga a favor da manutenção de Michel Temer na Presidência. Em uma eventual eleição indireta para escolher 1 sucessor para o peemedebista, haveria uma pressão sob os candidatos para que mantivessem parte da atual composição da Esplanada.

+ Temer demitiu Osmar Serraglio do Ministério da Justiça

Na hipótese de troca de todos os ministros, perderiam o foro privilegiado Eliseu Padilha (Casa Civil), Moreira Franco (Secretaria Geral), Gilberto Kassab (Ciência e Tecnologia), Helder Barbalho (Integração Nacional) e Marcos Pereira (Indústria).

Outros 5 ministros investigados continuariam com inquéritos tramitando no STF: os senadores Aloysio Nunes (Relações Exteriores) e Blairo Maggi (Agricultura) e os deputados Bruno Araújo (Cidades), Marx Beltrão (Turismo) e Maurício Quintella (Transportes). Eis um resumo:

ministros-temer

Fonte: Poder 360.

 

Deixe uma resposta