Rússia pode barrar soja brasileira

Foto: Wagner Maciel Melo

A alegação é a de que os agricultores usam em excesso defensivos agrícolas e fertilizantes. Mas é fato que a aproximação do governo brasileiro com os Estados Unidos e especialmente a oposição que o país faz à Venezuela, desde a posse de Bolsonaro, também têm seu peso. Fato é que o Serviço Federal de Vigilância Veterinária e Fitossanitária da Rússia pode determinar a qualquer momento a suspensão da compra de soja do Brasil por causa da alta quantidade de veneno usada no cultivo.

Há uma semana os países árabes também aventaram a possibilidade de suspender a importação de frango do Brasil. O governo Bolsonaro ameaça transferir a embaixada brasileira para Tel Aviv – o que seria uma perda política para os países árabes por conta dos palestinos em Jerusalém – onde está a embaixada do país.

A Russia comunicou o Ministério da Agricultura do Brasil sobre a necessidade de tomar medidas urgentes para garantir o cumprimento dos requisitos previstos. O Brasil está na contramão internacional ao autorizar o aumento do uso de agrotóxicos nos cultivos. Isso pode causar sérios prejuízos ao país.

Segundo os técnicos russos, “essa decisão se deve ao alto grau de toxicidade do glifosato [herbicida] para humanos e animais, como atestado por vários estudos científicos”.

Múltiplos casos de detecção de grande quantidade desse herbicida na leguminosa já foram declarados anteriormente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.