Retrospectiva Semanal do Portal Desacato entre 30 de abril e 5 de maio de 2018

Fechamos esta Retrospectiva Semanal do Portal Desacato com a poesia em prosa capaz de nos enobrecer, resgatar nossa condição íntima e humana, solidária, fraterna e, além disso, mostrar outro ângulo no desespero. Luciane Recieri se estende numa prece pelas vítimas da catástrofe de São Paulo.

Com ela nos despedimos até o próximo domingo, no qual teremos mais histórias, notícias, artigos, imagens e reflexões para revisitar.

Até lá e obrigado pela companhia.

Raul Fitipaldi

Largo do Paissandu, indo pra a São Bento

Elenira Vilela, na sua coluna semanal d’A Outra Reflexão avaliou e refletiu sobre o significado do Ato de 1º de Maio na atual conjuntura e sobre a unidade da luta da Classe Trabalhadora.

A unidade da classe trabalhadora no Brasil

Lurian, filha do ex-presidente Lula, fez sua intervenção no Ato de 1º de Maio em Curitiba, no palco instalado na Praça Santos Andrade. Desacato estava lá.
https://www.facebook.com/Portal.Desacato/videos/1701037536653370/?t=5

 

A antropóloga e jornalista, Sonia Weidner Maluf, fez uma crítica e uma avaliação indispensáveis sobre a situação da comunicação no Brasil.  Com embasamento e lucidez, instala, mais uma vez, um tema estratégico e determinante num país que sofreu um golpe de estado parlamentar, jurídico e midiático.

As batalhas da comunicação no Brasil do pré e do pós golpe

A marcha dos manifestantes em Curitiba, no 1º de Maio, teve quase 10 km de extensão. Foi da praça Olga Benário até a praça Santos Andrade, do lado da Universidade Federal do Paraná. Desacato acompanhou todo o percurso com Caroline Dall ‘Agnol e Mayara Scalabrin Bergamo.

O valor do trabalho, a obtenção de um emprego, a situação de um desempregado imaginário e real, suscita em Guigo Ribeiro uma crônica descarnada, fortíssima e cheia de encanto.

Meu caro – Fim da estrada (segunda parte)

Na praça Olga Benário, em Curitiba, perto da Polícia Federal, onde está preso o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Claudia Weinman conversou com a professora e colunista do Portal Desacato, Elenira Vilela, sobre a importância do 1º de Maio e do ato em defesa do ex-mandatário.

Com a finalidade de melhor compreendermos a entrada das Organizações de Saúde no sistema de atenção em Florianópolis, o professor Douglas Kovaleski faz algumas precisões importantes, na sua coluna n’A Outra Reflexão.

Dossiê: Privatização do SUS

A médica e deputada federal do PCdoB, Jandira Feghali também participou do 1º de Maio em Curitiba. Com ela falou Claudia Weinman.

A jornalista Rosangela Bion de Assis, continua passeando pelos becos da sua cidade natal, Florianópolis. A casa que suspira, possivelmente, se abriga no Ribeirão da Ilha. Quem sabe. É bom ler sua crônica poética n’A Outra Reflexão.

Uma casa que suspira

As integrantes do 8M de Florianópolis também estiveram presentes no 1º de Maio, em Curitiba. Caroline Dall ‘Agnol pesquisou sobre as reivindicações e o motivo da presença com Janine Satler.


As manipulações midiáticas, o favor aos amigos, a entrega da soberania nacional, as corridas cambiais estimuladas pelas decisões do governo, e quem paga a conta. Sobre isso tudo reflete na coluna coletiva, A Outra Reflexão, Débora Mabaires.

Macri, o Rei dos Abutres

No 1º de Maio a comunidade kaingang se fez presente em Curitiba e apresentou seu apoio ao ex-presidente Lula da Silva, assim como suas reivindicações contra a descriminação e exigindo as demarcações de terra.

Repórter Descéo Machado não para de investigar, pensar e repensar os ritos, os mitos, as  liturgias (inclusive as políticas)e as contradições do ser humano. A coluna coletiva, A Outra Reflexão, mergulha no intangível.

Espiritismo, evolução e política

A cobertura do 1º de Maio no Portal Desacato, começou com a mensagem da Cooperativa Comunicacional e do veículo, dirigida aos trabalhadores e trabalhadoras no seu dia. A leitura foi de Claudia Weinman.

A imagem vendida pela mídia conservadora esconde a realidade e o dano que produz à população o agronegócio. Insegurança alimentar, infertilidade dos solos, uso indiscriminado de inseticidas, pesticidas e fertilizantes, desmatamentos, extermínio de animais endêmicos, enriquecimento de poucos e empobrecimento da maioria são alguns resultados do agronegócio. Elissandro Santana refletiu sobre isso.

O agro não é pop, nem é tudo – é um canibal de ecossistemas

A Oficina de escrita Momento Lilás, da pesquisadora Marinês da Rosa, levou 8 cartas de mulheres encarceradas no presídio feminino de Florianópolis para o ex-presidente Lula. Isso aconteceu um dia antes do 1º de Maio.

Na semana dos 200 anos do filósofo e jornalista alemão, Karl Marx, muitas situações permanecem iguais para a Classe Trabalhadora.
 
Discorre sobre isso que apresentou, no passado 1º de Maio, Lucas Rodrigues, do Movimento Economia Pró-Gente.

Na segunda-feira, 30 de abril, a pouco mais de 150 m da Polícia Federal, centenas de pessoas que chegaram a Curitiba para a vigília Lula Livre e para a comemoração do 1º de Maio, saudaram coletivamente o presidente Lula, para que ele escutasse desde a prisão.

As reflexões da coluna coletiva na semana que passou começaram com o texto da socióloga e doutora em geografia, Rita Coitinho. Rita escreveu sobre o alinhamento de Macron à política belicista de Trump que tem como objetivo principal atacar o Irã, embora para isso destrua Síria, como já destruíram Iraque e a Líbia.

O alvo é o Irã


Bom domingo para todas e todos! Iniciamos nossa tarefa no fim de semana dos 200 anos de Karl Marx.

Muita gente já viu o filme O Jovem Karl Marx, mas, se você não viu é uma boa pedida para um domingo cinza e com pinta de que vai chover em Florianópolis e região.

Assista e venha com a gente até as 21 h.

#Desacato11Anos
Sonhamos Juntos, Sonhamos Livres!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.