Retrospectiva: Orgulho de lésbicas #AGT

No Jornal das Trabalhadoras e Trabalhadores, apresentado por Rosangela Bion de Assis, na terça-feira, rolou uma conversa sobre o primeiro jornal brasileiro de lésbicas, que foi censurado inclusive, no entanto, manteve-se a resistência. Mas quem explicou isso ao público foi: Letícia Marques, documentarista e Guilhermina Cunha, do 8M e da Marcha Mundial de Mulheres.

Se não viu, aqui está. Assista, compartilhe!

 

 

Uma parceria Acracom-Portal Desacato.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.