Reino Unido financiou secretamente a Agência Reuters nos anos 1960 e 70 para propaganda antissoviética

Thomson Reuters. Foto: Wikimedia Commons

Da reportagem de Guy Faulconbridge na própria Reuters.

O governo britânico financiou secretamente a agência de notícias Reuters nas décadas de 1960 e 1970, a pedido de uma unidade de propaganda antissoviética ligada à inteligência britânica, e ocultou o financiamento usando a rede de rádio e TV BBC para fazer os pagamentos, conforme mostram documentos governamentais recém-divulgados.

O dinheiro foi usado para expandir a cobertura da Reuters no Oriente Médio e na América Latina e ocultado pelo aumento dos pagamentos de assinaturas de notícias da Reuters pela BBC.

(…)

O financiamento secreto do governo à Reuters totalizou 245 mil libras (R$ 1,32 milhão à taxa de câmbio atual) por ano antes de 1969, mas depois diminuiu para 100 mil libras por ano em 1969-1970 e nada em 1972-1973.

(…)

A Reuters, fundada em Londres em 1851 e hoje de propriedade da Thomson Reuters, com sede em Toronto (Canadá), é uma das maiores organizações de notícias do mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.