Quilombolas do Campo dos Polí e Movimento Negro Unificado fazem manifestação em Fraiburgo/SC

Manifestantes exigem a imediata demarcação das Terras e assentamento das famílias.Imagens: Rádio Fraiburgo e do MNU.

Na segunda-feira 25 de novembro, os Quilombolas do Campo dos Polí, com apoio do Movimento Negro Unificado (MNU) realizam manifestação e ocupam área nas margens da SC 452 nas imediações da Curva do Agrião entre Fraiburgo e Monte Carlo.

Conforme o Diário Oficial da União do dia 16 de agosto de 2017, a referida área é reconhecida como uma Área Quilombola, o Campos dos Polí, a informação consta no Relatório Técnico de Identificação e Delimitação (RTID), produzido pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA).

Ainda de acordo com o Diário Oficial da União, o território da Comunidade Quilombola Campos dos Polí tem mais de 500 hectares de terra, parte dele em disputa com uma empresa local que teria desalojado famílias descendentes de Quilombolas.

Famílias ocupam Área as margens da SC 452 próximo a Curva do Agrião . Imagens: Rádio Fraiburgo e do MNU.

Os herdeiros e remanescentes do Quilombo dos Polí, organizados em forma de associação, com a colaboração do MNU Catarinense, exigem do INCRA, a imediata demarcação das Terras Quilombolas e o Assentamento de 30 famílias na área ocupada, pois conforme lideranças da ocupação e do RTID, essa área é de propriedade de seus familiares que no passado foram expulsos delas.

“Para nós, o reconhecimento do INCRA é mais um desafio vencido. É uma luta árdua, mas legítima. É só lutando que a gente consegue, a ocupação busca combater o preconceito ao negro e garantir que as terras possam ser usadas pelas famílias”, declarou uma das lideranças.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.