Protesto em Balneário Camboriú por morte de trabalhador após briga com bolsonarista. Ao vivo!

#JTT #BalneárioCamboriú

Acontece em Balneário Camboriú ato pela morte violenta do trabalhador Antônio Carlos Rodrigues Furtado, agredido por um partidário do presidente Bolsonaro.

Reportagem: Claudia Weinman

Imagens: Priscila Dalla Costa

Integrantes do coletivo “Mulheres do Litoral” também participaram do ato de repúdio pelo assassinato de Antônio Carlos Rodrigues Furtado, “Cacáia”, na praça Tamandaré de Balneário Camboriú e conversaram com Claudia Weinman.

Rosaura Rodrigues, vereadora de Porto Belo e vereador Lino Peres, de Florianópolis, avaliam o ato em repúdio ao assassinato do trabalhador Antônio Carlos Rodrigues Furtado, “Cacáia”, acontecido na quarta-feira, quando teve parada cardíaca resultante da agressão a socos e pontapés por parte de um simpatizante do presidente Bolsonaro.

Palavras de ordem e intervenção das pessoas que participam do ato em repúdio ao assassinato do trabalhador Antônio Carlos Rodrigues Furtado, “Cacáia”, na praça Tamandaré em Balneário Camboriú.

 

Entrevista na praça Tamandaré, de Balneário Camboriú, com Margarete Sandrini, do DAP – Diálogo de Ação Petista e secretária geral do PT de Florianópolis que se fez presente no ato pelo assassinato de Antônio Carlos Furtado.

O ato de protesto pelo assassinato de Antônio Carlos Furtado, acontecido na quarta-feira passada motivou uma caravana de pessoas de Florianópolis se deslocando até a cidade balneária no norte do estado.

Lá, ao vivo, Claudia Weinman entrevista o veredor do PT da Capital, Lino Peres.

Início da cobertura desde Balneário Camboriú, com Claudia Weinman.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.