Propina de Aécio foi paga a Perrella, dono do “helicoca”

Publicado em: 17/05/2017 às 20:53

extra

Minas 247 – O senador Aécio Neves (PSDB-MG) foi gravado pelo empresário Joesley Batista, dono da JBS, pedindo R$ 2 milhões.

Segundo denúncia feita pela Globo na noite desa quarta-feira 17, o dinheiro foi entregue a um primo do presidente do PSDB, em cena filmada pela Polícia Federal. A PF rastreou o dinheiro e descobriu que ele foi depositado numa empresa do senador Zezé Perrella (PSDB-MG).

A família de Perrella é dona do helicóptero com cocaína encontrado com 445 kg de cocaína no Espírito Santo, e que ganhou o apelido de helicoca.

O jornal O Globo informa que em duas oportunidades em março desse ano, Joesley conversou com Michel Temer e com o senador tucano levando um gravador escondido. Os irmãos Joesley e Wesley Batista foram hoje ao STF fazer as denúncias ao ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato na Corte.

Fonte: Brasil 247.

Deixe uma resposta