Pronatec oferece mais de 7, 5 mil vagas em SC

Por Larissa Cabral.

Programa do Governo Federal pretende aumentar o acesso a cursos de qualificação

Ao entrarmos no mercado de trabalho, deparamo-nos com um ambiente cada dia mais competitivo. Nesse contexto, a qualificação profissional figura como um fator determinante para a sobrevivência e posterior sucesso na carreira. Para facilitar o acesso à educação profissional aos jovens do ensino médio e trabalhadores sem formação, o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), que compõe o Plano Nacional Brasil Sem Miséria, oferece neste ano 1,2 milhão de vagas em todo Brasil para cursos de qualificação em áreas como construção civil, informática, mecânica, turismo e enfermagem. Em Santa Catarina, serão oferecidas mais de 7, 5 mil vagas.

A qualificação tem importante papel na diminuição do nível de desemprego no país, que atingiu o nível mais baixo dos últimos dez anos, chegando a 4,7% em dezembro. Em 2011, foram criados quase 2 milhões de empregos com carteira assinada no Brasil. No setor de serviços, foram 925 mil vagas; no comércio, 452 mil, e na construção civil, foram 223 mil novos empregos.

O Pronatec, então, é uma importante oportunidade para os estudantes que estão cursando o ensino médio e para aqueles que já terminaram e estão a procura de uma oportunidade para realizar cursos técnicos gratuitos. Em Santa Catarina, os cursos serão promovidos em parceria com o Senac, Senai e escolas técnicas federais.

Pronatec em SC

Em Santa Catarina, o SENAI oferece 7,5 mil vagas em cursos de qualificação, que têm carga horária de 160 a 400 horas, destinadas a estudantes do ensino médio da rede pública (preferencialmente do 3º ano). São 264 turmas, que serão lançadas ao longo de todo o ano, em cerca de 50 cidades catarinenses.

O prazo de inscrições de alguns cursos, cujas aulas se iniciam nas próximas semanas, encerra-se nesta sexta-feira (15). O estudante interessado deve procurar mais informações na escola em que esteja cursando o ensino médio ou a unidade do SENAI, locais onde também efetivará a inscrição.

O Instituto Federal de Santa Catarina (IF-SC), que formou uma turma pelo Pronatec, em Jaraguá do Sul, no ano passado ainda aguarda retorno do MEC para abrir algum curso neste ano.

Já o Instituto Federal Catarinense, para o 1º semestre de 2012, abriu turmas somente para os cursos técnicos, que serão oferecidos nas cidades de Abelardo Luz, Capinzal, Luzerna, Taió e Sombrio, totalizando 2050 vagas. A oferta significativa do Instituto está voltada para os cursos de Formação Inicial de Continuada (FIC) destinada aos trabalhadores catarinenses. Estes ainda aguardam liberação do MEC para serem ofertados. Para o segundo semestre, estão confirmadas 120 vagas para cursos técnicos em São Francisco do Sul e Itajaí.

Futuro

O programa tem como meta de até o ano de 2014 ter capacitado 3,5 milhões de trabalhadores. Em 2012, o Governo Federal pretende contar com 600 unidades prontas de escolas técnicas por todo o país a serem administradas pelos 38 institutos federais que já existem, procurando atender mais de 600 mil estudantes.

De acordo com a presidente Dilma Rouseff, o Pronatec receberá investimentos de R$ 24 bilhões até 2014 e totalizará 8 milhões de vagas em cursos de formação técnica e profissional, sendo 5,6 milhões de vagas para cursos de curta duração, destinados à qualificação profissional de trabalhadores; e mais 2,4 milhões de vagas para cursos técnicos, voltados para os estudantes do Ensino Médio, com duração de pelo menos um ano.

Inscrição

Os trabalhadores que se encaixam neste programa devem recorrer aos órgãos competentes, de acordo com a sua categoria. Por exemplo, os trabalhadores que recebem auxílio do Bolsa Família devem procurar o Cras (Centro de Referência de Assistência Social); já os desempregados beneficiados com o seguro desemprego devem procurar o Sine.

Bolsa-Formação

Bolsa-Formação Estudante: cursos técnicos com a partir de 800 horas, destinados a alunos das redes públicas de ensino médio.

Bolsa-Formação Trabalhador: cursos de qualificação a pessoas em vulnerabilidade social e trabalhadores de diferentes perfis.

Benefícios – Além dos cursos serem gratuitos, os estudantes ganharão alimentação, transporte e todos os materiais escolares necessários.

Veja abaixo os cursos oferecidos nas cidades da Grande Florianópolis, no primeiro semestre.

GRANDE FLORIANÓPOLIS – 1, 4 mil vagas pelo SENAI

Florianópolis

Instrumentista Industrial – 300 horas-aula – vespertino

Operador de Computador – 160 horas-aula – matutino e vespertino

Programador Web – 160 horas-aula – matutino e vespertino

Palhoça

Eletricista de Automóveis – 160 horas-aula – noturno

Mecânico de Manutenção de Freios, Suspensão e Direção Automotivos – 320 horas-aula – matutino

Mecânico de Manutenção de Motocicletas – 300 horas-aula – noturno

Pintor de Automóveis – 300 horas-aula – vespertino

São João Batista

Desenhista de Calçados – 160 horas-aula – vespertino

Operador de Computador – 160 horas-aula – vespertino

São José

Almoxarife – 160 horas-aula – matutino e vespertino

Assistente de Produção – 160 horas-aula – matutino e vespertino

Assistente de Produção na Confecção de Roupas – 160 horas-aula – vespertino

Auxiliar de Costureiro – 160 horas-aula – vespertino

Auxiliar de Operações em Logística – 160 horas-aula – matutino

Costureiro – 160 horas-aula – matutino

Instalador e Reparador de Linhas e Sistemas de Telefonia – 200 horas-aula – matutino

Instalador e Reparador de Redes de Computadores – 160 horas-aula – matutino e vespertino

Instalador e Reparador de Redes, Cabos e Equipamentos Telefônicos – 160 horas-aula – vespertino

Marceneiro – 280 horas-aula – matutino

Operador de Fresadora com Comando Numérico Computadorizado – 200 horas-aula – vespertino

Programador Web – 160 horas-aula – matutino e vespertino

Tijucas

Eletricista Instalador Predial de Baixa Tensão – 300 horas-aula – matutino e vespertino

Operador de Computador – 160 horas-aula – matutino, vespertino e noturno

__________

Mais informações sobre o Pronatec podem ser obtidas aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here