Professora da Udesc Marlene Fáveri é finalista do Prêmio Darcy Ribeiro

Publicado em: 13/07/2017 às 13:06

A professora Marlene de Fáveri está entre os 10 finalistas do Prêmio Darcy Ribeiro, organizado pela Comissão de Educação da Câmara dos Deputados para premiar pessoas e entidades cujos trabalhos desenvolvidos merecem destaque na defesa e promoção da educação brasileira. A professora recebeu 31 votos de deputados na Comissão de Educação e foi classificada na primeira posição, empatada com a Escola Família Agrícola Dom Fragoso – EFA, localizada no Ceará. A segunda etapa que define os três vencedores do prêmio está prevista para o dia 9 de agosto e a entrega da premiação no dia 31 de outubro.

Integrante do quadro docente do curso de História da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Marlene Fáveri foi indicada para participar da premiação pelo professor universitário e deputado federal Pedro Uczai (PT/SC). No total a Comissão de Educação recebeu 41 indicações de pessoas e entidades para concorreram à premiação. Estar entre os 10 finalistas com a maior votação representa uma grande conquista num momento de tentativa de supressão do pensamento crítico nas escolas e universidades, ilustrado por iniciativas como os projetos encabeçados pelo movimento “Escola Sem Partido” e pelo avanço de forças conservadoras sobre a laicidade do Estado, os Direitos Humanos e a Diversidade. Por trabalhar com questões relacionadas a identidade sexual e gênero a professora sofre perseguições ideológicas e inclusive um processo judicial.

+Aluna processa professora da Udesc por ministrar curso sobre o feminismo

“Esse empoderamento que questiona o patriarcado e o capitalismo incomoda”

Moção em defesa da professora da Udesc é aprovada por unanimidade

Nos últimos meses colegas de universidade, associações nacionais de classe e grupos de pesquisa saíram em defesa da professora com a publicação de notas de apoio explicitando a ‘partidarização’ inerente à tentativa de impedir a livre circulação do saber nos espaços de ensino e troca de conhecimentos. Segundo o deputado Pedro Uczai, a professora Marlene, ao ser uma das mais votadas na Comissão de Educação para o Prêmio Darcy Ribeiro, reafirma a grande importância de suas pesquisas e trabalhos acadêmicos, além de escancarar a truculência de setores da sociedade que não aceitam o debate democrático e o contraditório.

 

Foto: Rosangela Bion de Assis.

Fonte: Pedro Uczai.

 

Deixe uma resposta