Polyphonia Khoros apresenta “Canta Brasil”, no próximo domingo (19), no TAC

O Polyphonia Khoros, sob a regência da maestrina Mércia Mafra Ferreira, apresenta o concerto “CANTA BRASIL” no Teatro Álvaro de Carvalho (TAC), no dia 19 de agosto, às 19 horas com entrada franca.


O concerto foi concebido como um passeio pela sonoridade das canções, valsas e sambas brasileiros, apresentando não só obras de diferentes épocas da história do nosso país, como também arranjos de diferenciados artistas.


Do final do século 19 até composições do fim do século 20, o concerto apresenta todo o panorama de ricas letras e obras musicais que influenciaram gerações e que deixaram marcas na história da música no Brasil, seja por seu comprometimento político (como a canção O Bêbado e a Equilibrista de João Bosco e Aldir Blanc) seja por sua melodia marcante (como é o caso de Trenzinho Caipira de Villa-Lobos).


O concerto tem início com a famosa marchinha de carnaval, ‘Rasguei a Minha Fantasia’, composta por Lamartine Babo, compositor carioca que se destacou pela criação de diversas marchinhas carnavalescas, além dos hinos de diversos clubes cariocas de futebol. Esta machinha foi um dos maiores sucessos das décadas de 30 e 40 no Brasil.


Também no início do programa está a obra “As Pastorinhas”, composta por Noel Rosa e João de Barro. O primeiro, considerado por muitos como o pai do moderno samba urbano, influenciou decisivamente grandes compositores como Chico Buarque de Hollanda, já o segundo, é o nome mais expressivo dos compositores de marchinhas de carnaval.


Outra peça de destaque é a canção Manhã de Carnaval, de Luiz Bonfá em parceria com Antônio Maria. Esta música é sua composição mais famosa e já foi gravada por artistas como Frank Sinatra, Julio Iglesias, Trio de Violões de Paco de Lucia e outros. Bonfá foi cantor, violonista, arranjador e compositor, e é dos autores brasileiros mais tocados no mundo.


Avançando um pouco mais no repertório, o Polyphonia Khoros apresenta, de Chico Buarque, ‘Roda Viva’ (umas das músicas mais expressivas no tocante ao protesto contra a repressão), de Caetano Veloso, ‘Lua, lua’ e ainda outras obras de renome nacional como ‘Asa Branca’, de Luiz Gonzaga e ‘Saudosa Maloca’ de Adoniran Barbosa. O repertório inclui a já citada aqui ‘O Bêbado e a Equilibrista’ que tornou-se um hino à anistia no período final da ditadura militar.


O concerto, além de ser elaborado com o intuito de apresentar os diversos períodos criativos pelo qual passou a música brasileira, também contará com explicações e curiosidades a respeito dos compositores e arranjadores, com o propósito didático de colocar devidamente o espectador no panorama histórico apresentado.


O Polyphonia Khoros apresenta este concerto com 21 cantores, e todas as obras serão cantadas a capella, sendo que, em algumas peças, o coro será acompanhado por instrumentos de percussão.


‘CANTA BRASIL’ apresenta uma viagem musical brasileira e tem como principal objetivo apresentar ao espectador a riqueza e complexidade do universo poético e sonoro da música popular brasileira em variadas épocas de nossa história.


Serviço:
Polyphonia Khoros apresenta o concerto “Canta Brasil”
Onde: TAC – Teatro Álvaro de Carvalho
Quando: 19 de agosto, às 19 horas
Entrada franca (os ingressos podem ser retirados no local)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.