Poema: Afra

Publicado em: 06/04/2014 às 12:32
Poema: Afra

sonrisa

Afra (Samuel da Costa)

Um sorriso apenas!!!
Seduz-me.
Manda-me para casa.
Alegra o meu dia…
Embriaga-me de desejo.
Derrota-me por fim,
Esvaece-me!
***
Re-luz na minha treva diária.
Lança-me para luz…
Na minha luta diária!
Derrota-me…
Por fim.
***
Um sorriso apenas, e nada mais.
Beltia imortal!
Dos meus desejos mais profanos!
Visita-me no meu sonho, mais sagrado…
Na infinitude, de todo o meu ser.
Imperfeito!
***
Deusa sagrada.
Me da um sorriso apenas,
Evanesce-me por fim!
Sorri & me derrota.
Manda-me para casa.
Sozinho e derrotado
***
Lança-me para minha treva diária.
Para a minha vida vazia.
Derrote-me…
Esvaece-me por fim

Samuel da Costa é poeta em Itajaí

Deixe uma resposta