Parlamentares convocam levante contra privatização da Caixa

Em defesa do caráter público da Caixa Econômica Federal, parlamentares de diversos partidos e representantes de entidades sindicais se reuniram em um ato, nesta terça-feira (17), na Câmara dos Deputados. A ação é uma resposta à tentativa da gestão Michel Temer de fazer a abertura de capital da instituição, transformando-a em Sociedade Anônima.

As principais críticas foram direcionadas à falta de debate do tema no Congresso Nacional. O governo federal, de acordo com a imprensa, pretende mudar o caráter público da instituição por meio de mudanças no estatuto do banco. “Precisamos nos levantar contra essa possibilidade. Não é possível que façam isso sem a aprovação pelo Congresso Nacional”, criticou o líder do PT no Senado, Lindbergh Farias.

O desmonte do sistema público de crédito inviabiliza, por exemplo, a retomada dos investimentos. Além disso, essas instituições cumprem um papel estratégico ao administrar programas sociais, como o Bolsa Família, além de financiar obras de habitação (Minha Casa Minha Vida) e infraestrutura, ações ameaçadas em caso de abertura de capital da Caixa – banco que tem “uma obra em cada canto do Brasil”, como lembrou o deputado João Daniel (PT-SE).

A presidenta da Comissão de Direitos Humanos do Senado, Regina Sousa (PT-PI), chamou os sindicatos bancários a se unirem contra esse novo avanço ao patrimônio brasileiro. “Enquanto olharmos para o nosso próprio umbigo, o governo vai nos engolir. É preciso que os sindicatos conversem com a periferia. Falar. Se nos encontrarmos como classe, vamos poder reverter o que está acontecendo”, disse.

Também um parlamentar do PSDB, partido da base aliada ao governo, repudiou a abertura de capital da Caixa. Se isso ocorrer, segundo o deputado tucano Luiz Carlos Hauly (PR), a Caixa terá de ceder parte do seu lucro para o setor privado. “O governo quer ter um lucro momentâneo na privatização, com a venda de ações da Caixa? E depois? Abre mão de lucro produzido pelo próprio setor público?”, questionou.

Também estiveram presentes no ato a senadora Lídice da Mata (PSB-BA), os deputados José Carlos (PT-MA), Benedita da Silva (PT-RJ), Ênio Verri (PT-PR), José Guimarães (PT-CE), Luiz Couto (PT-PB), Luiz Sérgio (PT-RJ), Patrus Ananias (PT-MG), Waldenor Pereira (PT-BA), Alice Portugal (PCdoB-BA), Glauber Braga (PSol-RJ), Júlio Delgado (PSB-MG), além do ex-deputado Amauri Teixeira (PT-BA). Também estiveram no evento entidades como CUT, CTB, FENAG, UNE, Levante Popular, SEEB e Fenai.

A manifestação foi promovida pela Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Bancos Públicos, presidida pelo senador Lindbergh Farias e pelo deputado José Carlos (vice-presidente).

Fonte: Rede Mundo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.