“Palavra Nua” estreia daqui a pouco, 11 h, no Portal Desacato e redes

Bom dia a todas e todos. Iniciamos a jornada de domingo convidando você a mais uma estreia: Palavra Nua, novo programa de entrevistas do Portal Desacato. Claudia Weinman abre um ciclo de entrevistas, todos os domingos, dirigidas ao público que acompanha nossa Retrospectiva Semanal.

Divulgue esta proposta, apronte o cafezinho, o chimarrão do meio-dia, e antes de almoçar assista, se informe e envie seu recado, suas propostas de pauta e suas impressões para nosso whatsapp: +5548 988077742 ou nossa página de https://www.facebook.com/Portal.Desacato/

Seguimos juntes até 21 h. Venha e compartilhe nossa programação.

#Desacato13Anos         #FiqueEmCasa

#AOutraInformação

Arte: Julia Saggioratto.

Neste domingo o Portal Desacato apresenta mais um programa que passa a compor a grade diária d’A Outra Informação. “Palavra Nua”, apresentado pela jornalista Claudia Weinman com edição de Julia Saggioratto, será um programa de entrevista com duração de 30 minutos e contará com convidados/as falando sobre os diversos temas que envolvem a vida da classe trabalhadora explorada.

A proposta é “vestir” as palavras com elementos que possam garantir o direito humano à informação e dar visibilidade as lutas e diálogos que possam contribuir com a garantia da dignidade e vida dos/as esquecidos/as. Neste momento de “guerra”/pandemia, em que as empresas midiáticas ultraconservadoras informam a partir dos interesses empresariais, a Cooperativa Comunicacional Sul e o Portal Desacato se coloca mais uma vez, na defesa dos/as que precisam, como um meio antirracista, antifascista, anti-imperialista, antimachista que é.

Sendo assim, a primeira entrevista com foco na política de Florianópolis é com o Vereador Lino Fernando Bragança Peres. Ele nasceu em Rio Grande, 1951. Formou-se Arquiteto pela Faculdade de Arquitetura pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1977), Mestre em Arquitetura (1986) e Doutor em Urbanismo (1994) pela Facultad de Arquitectura División de Estudios de Posgrado – Universidad Nacional Autónoma de México. Vive em Florianópolis desde 1974, quando nasceu sua primeira filha Arlis e, cinco anos depois, a segunda chamada Guilian, e hoje tem três netos.

Ingressou na UFSC em 1978 e se aposentou em 2015, após 37 anos de docência pelo Departamento de Arquitetura e Urbanismo e do Programa de Pós-Graduação “Urbanismo, História e Arquitetura da Cidade” desta universidade. Hoje, é professor voluntário no Departamento de Arquitetura e Urbanismo da UFSC e coordena o GEMURB (Grupo de Estudos da Mobilidade Urbana Sustentável). É pesquisador e consultor na área de planejamento urbano, habitação e plano diretor. Tem assessorado diversas comunidades, principalmente nas periferias e bairros de baixa renda, aquelas que vivem em mangues, encostas, dunas, até em palafitas.

Está no segundo mandato (2017 até atualmente) cujos eixos de atuação são área urbana (plano diretor, planejamento urbano, habitação, mobilidade urbana e saneamento), ambiental, direitos humanos (mulher, população negra, população em situação de rua, quilombolas, indígenas, LGBT e migrantes) e cultura.

É militante do movimento negro e fundador do Partido dos Trabalhadores em 1980 em Florianópolis. Foi Diretor da APUFSC (Sindicato dos Professores Universitários da Universidade Federal de SC), seção do ANDES-DN. Presidiu a Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher e Igualdade de Gênero (hoje é membro) da Câmara Municipal de Florianópolis, além de ser membro da Comissão de Viação e Obras Públicas e da Comissão da Pesca desta Casa Legislativa.

É neste domingo, 11h, no Portal Desacato e redes.

#Desacato13Anos #SemprePresente

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.