Páginas lidas, prisões vencidas: campanha arrecada livros para presídio feminino de Tubarão

Foto: Reprodução/IFSC.Edu.

Como parte do projeto “Empoderar mulheres é libertar: por Educação Integral, Arte e Trabalho”, o Câmpus Tubarão deu início quinta-feira (1º) a uma campanha de doação de livros para o Presídio Feminino de Tubarão. As doações podem ser feitas ao longo de todo o mês de novembro.

O projeto realizado pelo Câmpus no Presídio Feminino de Tubarão faz parte do Programa Mulheres Sim do IFSC. Desde agosto, um grupo de reeducandas do presídio participa de um curso oferecido pelo IFSC, dividido em três módulos: Educação Integral e Habilidades Sociais; Arte e Cultura; e Mundo do trabalho e empreendedorismo. Além de oficinas de montagem de bijuterias, há a previsão de uma mostra no encerramento do projeto. Clique aqui para saber mais sobre o projeto.

Com o título “Páginas lidas, prisões vencidas”, a campanha de arrecadação de livros é uma das ações realizadas no projeto. “É uma campanha para arrecadar livros em bom estado. Obras clássicas, literárias, científicas ou filosóficas. O objetivo é incentivar a leitura, ampliar horizontes e também contribuir com a remição de pena”, explica Juliana Espíndola, coordenadora do projeto.

A remição de pena por leitura de livros é prevista na legislação penal brasileira e recomendada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) como atividade complementar no sistema prisional. A pessoa presa tem de 22 a 30 dias para a leitura de uma obra, apresentando ao final do período uma resenha. Cada obra lida possibilita a remição de quatro dias de pena, com limite de 12 livros por ano.

Qualquer pessoa pode doar. Servidores do IFSC podem fazer suas doações nas coordenadorias de Extensão de seus câmpus. O Câmpus Tubarão fica na rua Deputado Olices Pedra de Caldas, 480, bairro Dehon.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.