Opinião do MAB sobre a troca de diretores da Vale

Foto: Divulgação.

Ao saber que serão suspensos os diretores da Vale, por haver suspeitas de que sabiam que a barragem em Brumadinho poderia estourar o Movimento dos Atingidos por Barragens se manifesta nos seguintes pontos.

1-      Que esta atitude só comprova as denuncias que os atingidos já faziam a bastante tempo, que a Direção desta empresa sabia e nada fez para evitar os crimes em Mariana e agora em Brumadinho. A empresa Vale deve pagar por seus crimes e os culpados devidamente julgados e punidos.

2-      Que a Vale tem sido objeto de denuncias graves quanto a sua privatização desde o principio (1996), fatos até hoje não esclarecidos. Como uma empresa com alto valor foi privatizada na época por tão pouco?

3-      Que desde o rompimento da Barragem Córrego do Feijão em Brumadinho ( 25/01/2019) a Vale faz de tudo para tumultuar, enrolar, jogar duvidas entre os atingidos, para com isso não cumprir acordos, tentando manter os atingidos vítimas do crime como reféns, utilizando todo tipo de subterfúgios, como faz a três anos  na Bacia do Rio Doce.

4-      Quando do crime da Samarco em Mariana (novembro de 2015) também foi trocado a diretoria da Vale, porém sua prática em nada mudou, na época a empresa usou um slogan “Mariana nunca mais”. Não basta, portanto a troca de diretores se as práticas criminosas não cessarem. É necessária uma imediata mudança da linha política, de procedimentos da empresa e de modelo de extração do minério.

5-      Para os atingidos, a Vale é motivo de vergonha para o Brasil. Explora sem pudor as riquezas naturais, lucra bilhões e bilhões destruindovidas e a natureza.

6-      É fundamental garantir que a Vale pague pelos crimes que cometeram, e que o levantamento dos danos e a população atingida sejam amparados por entidades independentes, e não como em Mariana – Bacia do Rio Doce, onde a própria Vale criou outra empresa, a tal Renova, que de tudo faz para não resolver os problemas existentes.

7-      O Movimento dos Atingidos por Barragens prosseguirá sua luta por justiça, para que a reparação dos direito as populações atingidas seja garantida, e para que crimes como os praticados em Mariana e Brumadinho nunca mais aconteçam.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.