Odisseia no transporte (des)integrado de Floripa

Publicado em: 03/11/2011 às 17:43
Odisseia no transporte (des)integrado de Floripa
Por Clarissa Pereira.
Amigos, desde que o sistema de integração do transporte foi implantado aqui em Florianópolis que a companhia Insular (faz as linhas do sul da ilha) definiu como tempo de deslocamento TIRIO – TICEN 25 minutos com mais 30 minutos que servem para a troca de plataformas. Ok. O problema é que esse tempo é absolutamente insuficiente pra que se faça o trajeto na situação atual da SC-405 que nos obriga a fazer em quase 1:40 minutos (em média) o trecho entre o primeiro ônibus que pego no Campeche até o TIRIO, só aí já perdi minha integração no centro…
Solução do SETUF: abrir protocolo toda vez que não conseguir integrar e em 48 horas o dinheiro, indevidamente cobrado, se transforma novamente em crédito no meu cartão. Ok de novo. Mas o buraquinho mais uma vez é bem mais embaixo: se saio de um ônibus e tento a integração em outro, no momento em que se encosta o cartão no leitor novo desconto é feito e se eu tiver que nesse momento descer do ônibus, após o desconto, para ir até o SETUF (serviço de transporte urbano de Flops) pegar uma senha para abrir mais um protocolo (já tenho 5 números de protocolos abertos) quando eu for novamente para a catraca novo desconto será feito…
Eu espero que entendam, pois sei que é uma complicação só, e eu mesma tô tentando decifrar essa esfinge… O negócio vai ser deixar meu emprego pois não aguento mais as horas passadas dentro do ônibus, os valores e mais que tudo, o tempo que transforma minha jornada de 8 horas em 12.

 

Deixe uma resposta