O “Temerão”

edicao9Pelo Bispo Emérito Dom Luiz Carlos Eccel, para Desacato.info.

Você já ouviu falar no “TEMERÃO”? Fique atento! Certamente você já ouviu falar, mas com outras palavras.
Está em andamento o maior projeto de corrupção, armado de forma “legal” no Congresso Nacional, mas encaminhado pelo governo federal. O “TEMERÃO” consiste em assaltar e roubar os trabalhadores(as) à luz do dia e na calada da noite, também. Como se não bastasse a PEC 55, que tirou verbas da saúde e da educação, estão aí as “reformas” trabalhistas e previdenciárias. O “TEMERÃO” vai roubar bilhões dos trabalhadores assalariados, todos os anos, para repassar aos banqueiros,  à elite econômica em geral, e aos seus comparsas. Pior de tudo é que os políticos, ajudados pela grande mídia, que são parte dos beneficiários do roubo legalizado, fazem uma cara de gente boa ao defenderem o “TEMERÃO” pelos meios de comunicação. Dizem que o “TEMERÃO” vai ajudar o povão. Vai ajudar o povão a ficar cada vez mais pobre. O “TEMERÃO” é a grande cartada para o retorno  aos tempos da CASA GRANDE E DA SENZALA. Somos a favor das reformas que façam todos progredir, e não somente alguns. Se hoje o Brasil está entre os países com maior desigualdade social, podemos ficar certos de que com estas deformações, a curto e médio prazo, a desigualdade será ainda maior.

Para serem reformas precisariam ser amplamente debatidas pela sociedade e deveria incluir todas as áreas e categorias, ninguém pode ficar excluído delas. As que estão em pauta recaem somente sobre o povão.

Evidente que já estamos atrasados para nos organizar e nos movimentar. Eu dizia no dia 18 de abril de 2016: “Tomara que os clarões dos fogos da noite de 17 de abril, quando a Câmara Federal aprovou o impeachment, não se transformem em trevas densas para o Brasil, como a desditosa primavera árabe se transformou em rigoroso inverno de dor e sangue, até aos dias de hoje”. Infelizmente o Brasil caminha nesta direção, pois estamos regredindo a passos largos; a democracia respeitadora dos direitos de todos, virou privilégio de alguns.

Porém, dia 28 de abril, a greve geral poderá ser o momento em que os brasileiros não temerão, e dirão um basta a esta série de golpes naqueles que mais precisam de apoio para progredir e não de golpes com reformas para regredir.
Fique atento:  Não é o Petrolão, mas sim O “TEMERÃO”  o maior assalto de todos os tempos ao povo trabalhador tão sofrido…

26 de abril de 2017.

Dom Luiz Carlos Eccel

Bispo Emérito de Caçador

Você precisa estar logado para postar um comentário Login