O Globo demite 12 jornalistas no Rio

Publicado em: 12/03/2014 às 07:30
O Globo demite 12 jornalistas no Rio

globo-monopolioO Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio anunciou ontem em sua página no Facebook que O Globo demitiu 12 experientes profissionais da sua redação do Rio. Em contrapartida contratou 22 que, acredita-se, representam uma média salarial inferior ao grupo dispensado. Saiba mais.

O chamado “passaralho”, expressão cunhada pelos repórteres para definir demissões coletivas, tem ocorrido sistematicamente nas empresas que preferem chamar “reestruturação”. Embora a alegação seja a redução no número de vendas em banca e a concorrência da Internet, o fato é que a suposta crise financeira não atinge o Sistema Globo como propagada.

Dentre os demitidos estão os editores Orivaldo Perin (O Dia, Jornal do Brasil e O Globo), Cristina Alves, Regina Eleutério e Ricardo Mello e as editoras assistentes Nivia Carvalho e Leticia Helena, esta, com 28 anos de casa. Os outros nomes não foram divulgados. O mais grave do caso de Letícia, é que seu marido, Flávio Falcão, foi demitido há um mês da mesma empresa. Outros nomes são: Raquel Almeida, gerente de negócios digitais,
Karine Karan, gerente de inteligência de mercado e Elisio Pereira, gerente de desenvolvimento. Consta também na lista Marcos Gomes, gerente de sistemas corporativos e Monica Lanat, gerente do jurídico.

O grupo da família Marinho é detentor da maior parte da Receia Publicitária governamental onde 75% do volume é abiscoitado pelas empresas. E enquanto caminha na direção da redução das redações com demissões ou “reestruturação”, a administração teme que mudanças na legislação permitam uma distribuição igualitária e equilibrada da receita. Alterações na lei que quer garantir pluralidade aos meios incluindo aí a mídia digital.

Por outro lado, a redistribuição da verba publicitária para a diversidade de veículos será a garantia da preservação e ampliação da atividade dos jornalistas. Só em 2012 foram demitidos 1.200 jornalistas em todo o país.

_ Trata-se de uma mão de obra altamente qualificada, mas que virou refém de um modelo empresarial baseado no enxugamento do quadro funcional, redução de salário e sua constante troca por profissionais menos experientes e com menor remuneração, disse Fabio Lau, de Conexão Jornalismo.

Há no Congresso projetos de lei que pretendem alterar o atual modelo de distribuição da verba oficial.

_O grau de dependência do profissional nas redações é tão gritante que mesmo os jornalistas fazem coro com os empresários e repudiam o crescimento as mídias alternativas. Uma espécie de “Síndrome de Estocolmo” profissional _ acrescenta. Para ele, a defesa do atual modelo, que vive uma descendente irreversível, é a proteção equivocada do emprego dos que ficam, mas o desprezo pela atividade dos grandes profissionais que saíram.

A presidenta do Sindicato do Rio, Paula Máiran, disse sobre as demissões:

“Acabo de saber que houve um traumático processo de demissão coletiva nesta segunda-feira (10/3) no Globo. Entre os 12 demitidos, só gente pra lá de experiente, muitos queridos com quem muito pude aprender bastante ao longo dos últimos 22 anos de profissão. Houve 22 contratações. A esse processo a empresa chama de “reestruturação”. Será que os 22 salários somados chegam ao total do que era a remuneração dos demitidos? Ou será mais um lance na lógica administrativo/ financeira do “mais por menos”? Fica minha solidariedade aos colegas demitidos e certamente que o nosso Sindicato Jornalistas Profissionais Rio vai cobrar esclarecimentos à direção sobre esse triste momento da história do Globo”.

Piso salarial dos jornalista no Brasil:

Acre
Pisos e categorias Salário Normativo 2011/2012
– Várias empresas R$ 1.684,00 – data base: Mai

Alagoas
Pisos e categorias Salário Normativo 2012/2013
– Várias empresas R$ 2.437,46 – data base: Mai

Amapá
Pisos e categorias Salário Normativo
– não definido não definido

Amazonas
Pisos e categorias Salário Normativo
– não definido não definido

Bahia
Pisos e categorias Salário Normativo
– não definido não definido

Ceará
Pisos e categorias Salário Normativo 2011/2012
– Jornais e Revistas R$ 1.486,89 – data base: Set
– Rádio e Televisão R$ 1.641,05 – data base: Jan

Distrito Federal
Pisos e categorias Salário Normativo 2012/2014
– Mídia Impressa e Eletrônica R$ 1.950,00 – data base: Abr

Dourados
Pisos e categorias Salário Normativo 2012/2013
– Jornal Diário MS R$ 1.152,28 – data base: Mai
– TV Morena (Globo) R$ 1.234,00 – data base: Mai
– RIT – repórteres R$ 1.900,00 – data base: Mai
– RIT – repórteres cinematográficos R$ 1.300,00 – data base: Mai
– Site douradosnews R$ 1.155,60 – data base: Mai
Espírito Santo
Pisos e categorias Salário Normativo 2012/2013
– Jornais e Revistas da Capital R$ 1.430,00 – data base: Mai
– Jornais e Revistas de outros locais R$ 1.100,00 – data base: Mai
– Rádio da Capital R$ 1.215,00 – data base: Mai
– Rádio de outros locais R$ 1.042,00 – data base: Mai
– TV da Capital R$ 1.430,00 – data base: Mai
– TV de outros locais R$ 1.042,00 – data base: Mai

Estado do Rio de Janeiro
Pisos e categorias Salário Normativo 2011/2012
– Jornais e Revistas – data base: Jul
Redator 5 horas R$ 1.205,65
Reporter 5 horas R$ 976,09
Redator 7 horas R$ 1.804,16
Reporter 7 horas R$ 1.483,53
Municipios com mais de 300 mil habitantes

Redator 5 horas R$ 1.204,29
Repórter 5 horas R$ 893,97
Redator 7 horas R$ 1.211,77
Repórter 7 horas R$ 1.106,97
Municípios com menos de 300 mil habitantes

Goiás
Pisos e categorias Salário Normativo 2013/2014
– Jornais e Revistas R$ 1.800,00 – data base: Mai

Juiz de Fora
Pisos e categorias Salário Normativo
– não definido não definido

Londrina
Pisos e categorias Salário Normativo 2011/2012
– Jornais, Revistas, Rádio e TV R$ 2.323,68 – data base: Out

Maranhão
Pisos e categorias Salário Normativo 2011/2012
– Único R$ 1.535,35 – data base: Set

Mato Grosso
Pisos e categorias Salário Normativo 2012/2013
– Único R$ 1.600,50 – data base: Mai

Mato Grosso do Sul
Pisos e categorias Salário Normativo
– não definido não definido

Minas Gerais
Pisos e categorias Salário Normativo 2012/2013
– Jornais e Revistas da Capital R$ 1.845,45 – data base: Abr
– Jornais e Revistas do Interior
(Jornais diários) R$ 1.368,00 – data base: Mai
– Jornais e Revistas do Interior
(Demais jornais) R$ 1.223,22 – data base: Mai
– Rádio R$ 1.480,00 – data base: Abr
– TV e Produtoras R$ 1.600,00 – data base: Abr
– Fenac (Capital) R$ 1.567,00 – data base: Mai
– Fenac (Interior) R$ 1.200,00 – data base: Mai

Município do Rio de Janeiro
Pisos e categorias Salário Normativo
– não definido não definido

Pará
Pisos e categorias Salário Normativo 2010/2012
– Jornalista classe (A) R$ 1.588,92 – data base: Mai
– Jornalista classe (B) R$ 1.978,73 – data base: Mai
– Jornalista classe (C) R$ 2.086.64 – data base: Mai

Paraíba
Pisos e categorias Salário Normativo 2011/2012
– Único R$ 1.201,82 – data base: Abr
Paraná
Pisos e categorias Salário Normativo 2011/2012
– Jornais, Revistas, Rádio e TV R$ 2.323,68 – data base: Out

Pernambuco
Pisos e categorias Salário Normativo
– não definido não definido

Piauí
Pisos e categorias Salário Normativo 2011/2012
– Único
R$ 1.157,40 – data base: Fev
mais 2% de anuênio
Rio Grande do Norte
Pisos e categorias Salário Normativo 2011/2012
– Único R$ 1.050,00 – data base: Set

Rio Grande do Sul
Pisos e categorias Salário Normativo 2012/2013
– Jornais, Revistas, Rádio e TV – Capital R$ 1.690,00 – data base: Jun
– Jornais, Revistas, Rádio e TV – Interior R$ 1.425,00 – data base: Jun

Rondônia
Pisos e categorias Salário Normativo
– não definido não definido

Roraima
Pisos e categorias Salário Normativo
– não definido não definido

Santa Catarina
Pisos e categorias Salário Normativo 2012/2013
– Jornais, Revistas R$ 1.535,00 – data base: Mai

São Paulo
Pisos e categorias Salário Normativo 2011/2012
– Assessoria de Imprensa
5 horas R$ 2.337,82 – data base: Jun
– Jornais e Revistas da Capital
5 horas
R$ 2.076,00 – data base: Jun
– Jornais e Revistas do Interior
5 horas R$ 1.710,00 – data base: Jun
– Rádio e TV da Capital
5 horas R$ 1.704,51 – data base: Dez
– Rádio e TV (Municípios com mais de 80.000 habitantes)
5 horas R$ 1.100,00 – data base: Dez
– Rádio e TV (Municípios com menos de 80.000 habitantes)
5 horas R$ 1.080,00 – data base: Dez

Sergipe
Pisos e categorias Salário Normativo 2012/2013
– Rádio, TV e Jornais R$ 1.180,21 – data base: Mai

Tocantins
Pisos e categorias Salário Normativo 2012/2013
– Único R$ 1.600,00 – data base: Mai

Verba publicitária do governo federal para TVs, Rádios, Editoras, Impressos e Internet em 2012 (clique aqui):

Jornais

Infoglobo Comunicação e Participações – 927.474,00

Estado de S.Paulo – 656.394,00

Empresa Folha da Manhã – 585.051,00

SP Publimetro – 259.275,00

Sempre Editora – 249.444,00

Correio Braziliense – 192.822,00

Empresa Editora A Tarde – 182.985,00

Valor Econômico – 164.017,00

Editora Jornal do Commercio – 159.230,00

Verba publicitária para Internet:

Microsoft Informática – 1.285.962,00

Globo Comunicação e Participações – 952.950,00

Universo Online (UOL) – 892.553,00

Yahoo do Brasil Internet – 712.296,00

Terra Networks Brasil – 651.662,00

Fox Latin American Channels Brasil – 491.821,00

Internet Group do Brasil – 444.632,00

Editora Abril – 352.729,00

O Estado de S.Paulo – 337.686,00

Editora Globo – 137.448,00

Estado de Minas – 152.874,00

Revistas

Editora Abril – 1.296.649,00

Editora Globo – 479.060,00

Três Editorial (Isto É) – 266.201,00

Editora Confiança (CartaCapital) – 118.794,00

Editora Escala – 99.444,00

Editora Brasil 21 – 70.889,00

Elifas Andreato Comunicação Visual – 66.666,00

AS Pedreira – Agência Jornalística – 66.528,00

Padrão Editorial – 55.575,00

Editora Alvinegra (Piauí) – 55.110,00

Rádios

Rádio Panamericana (Jovem Pan) – 1.396.541,00

Rádio Excelsior – 1.129.999,00

Rádio Globo de São Paulo – 730.475,00

Rádio 99 FM Stereo – 539.143,00

Rádio SP-Um – 498.990,00

Rádio e Televisão Bandeirantes – 498.301,00

Rádio Transamérica Brasília – 419.723,00

Kalua Comunicações e Serv. De Publicidade – 408.788,00

Rádio Eldorado – 379.773,00

Rede Católica de Radiodifusão – 349.394,00

TVs

Globo Comunicação e Participações S.A – 50.029.241,00

Rádio e Televisão Record – 23.390.960,00

TV SBT Canal 4 de São Paulo – 19.394.613,00

Rádio e Televisão Bandeirantes – 6.328.810,00

TV Ômega (RedeTV!) – 3.197.261,00

Turner Broadcasting System Latin América – 1.204.555,00

Associação de COM.ED. Roquette Pinto (TVE) – 1.027.887,00

Globo Comunicação e Participações L.T.D.A – 833.803,00

Globosat Programadora – 810.281,00

Fox Latin American Channels Brasil – 728.587,00

Fonte: Conexão jornalismo.

Deixe uma resposta