Nove estados vão ao STF e pedem autorização para cortar salários de servidores

Documento é assinado pelos secretários da Fazenda de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Goiás, Paraná, Ceará, Pará, Alagoas e Mato Grosso do Sul.

Foto: Nelson Jr.

Secretários da Fazenda de nove estados encaminharam ao ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), uma carta, na qual pedem o restabelecimento da medida que permite a redução da jornada de trabalho de servidores públicos. Além disso, solicitam, ainda, o corte de vencimentos, de acordo com informações de Flávia Lima, da Folha de S.Paulo.

O documento é assinado pelos secretários da Fazenda de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Goiás, Paraná, Ceará, Pará, Alagoas e Mato Grosso do Sul.

Eles pedem, também, a volta da medida que permite ao Executivo ajustar os limites financeiros dos Poderes Legislativo e Judiciário e do Ministério Público.

São Paulo

O secretário da Fazenda e do Planejamento de São Paulo, Henrique Meirelles, deve assinar o documento, pois apoia o seu conteúdo.

A possibilidade de cortar salários e reduzir carga horária de servidores é cada vez mais bem-vista pelos estados. Na carta, os secretários afirmam que as medidas “trazem importantes instrumentos de ajustae fiscal para os estados”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.