Nova configuração do YouTube oculta conteúdo LGBTQ

Nova configuração do YouTube oculta conteúdo LGBTQ

No domingo, dia 19 de março, no Twitter muitas pessoas demonstraram indignação com a nova configuração do Youtube. Em suas configurações no Youtube, você pode escolher “Modo restrito”, que supostamente “Oculta vídeos que podem ter conteúdo impróprio, sinalizados por usuários”. Embora o Youtube diga que “pode não ser 100% preciso, mas deve ajudar a evitar conteúdo impróprio”, as pessoas perceberam um padrão bastante óbvio nisso.

A youtuber Neonfiona mostrou no Twitter, duas fotos comparando seus vídeos antes e depois do modo restritivo, o que ela percebeu é que em seu vídeo “An Honest Chat About Being Single” (Um bate-papo honesto sobre ser solteira) ao qual ela discute sexo, está disponível, mas os videos em que ela fala sobre sua namorada ou de suas paixões lésbicas, foram bloqueados, mesmo com ela sequer discutindo questões sexuais nos mesmos.

Uma boa quantidade de vídeos não estão disponíveis no canal de Ash Hardell, principalmente os que contém as palavras “gay”, “bissexual” e etc… no título. (A esquerda os vídeos de Neonfiona sem o bloqueio e a direita somente os vídeos sem qualquer tag LGBTQ)

Muitos vídeos desapareceram, incluindo Shane Dawson, Dodie Clark e Troye Sivan, muitos outros Youtubers reclamaram nas redes sociais que seus vídeos em que comentavam sobre questões LGBTQ, sumiram.

O Youtube sempre se manifestou a favor da causa LGBTQ e até fez um vídeo em especial para o mês do Orgulho Gay, mas ao mesmo tempo está fazendo parecer com que todos os vídeos que falam sobre a identidade sexual, romântica ou de gênero, não são apropriados, mesmo quando os vídeos não mostram isso de uma forma sexual.

Até o momento o Youtube não se pronunciou sobre isso.

Fonte: Parada Lésbica. 

Você precisa estar logado para postar um comentário Login