Nota de solidariedade com o jornalista Glenn Greenwald

A Cooperativa Comunicacional Sul e o Portal Desacato se solidarizam com o colega Glenn Greenwald, objeto de perseguição por parte de um setor da “justiça” política que pretende reinstaurar os tempos mais sombrios para a liberdade de expressão.

É importante lembrar que o direito consagrado de proteção à fonte, da qual os jornalistas obtemos o recurso de informações importantes para o conhecimento da população, é inalienável e só em ditadura é conculcado.

Também é bom lembrar que nas piores e mais sórdidas etapas da vida republicana houve jornalistas capazes de colocar sua vida em risco a serviço da verdade e da construção de uma sociedade transparente e democrática. Também  houve, como hoje em dia, os que bajulam e se beneficiam das benesses dos governos de turno, especialmente em tempos sórdidos e anti-democráticos. Não tem sido o papel de Glenn Greenwald, reconhecido mundialmente pelo seu serviço à comunicação apurada e veraz.

Os acontecimentos que cercam as acusações sem fundamento ao colega Greenwald, sugerem que os momentos difíceis para o jornalismo brasileiro, voltaram da mão do atual governo  nacional e das instituições que o comportam, num tom agressivo e mendaz com relação à informação e aos seus produtores, os e as jornalistas.

Esperamos que esta bravata pseudo-legal e ilegítima acabe com o desfecho democrático que corresponde e os devidos esclarecimentos de por quais razões se agrede ao colega.

O jornalismo veraz é um garante constante da democracia e da soberania, devemos todas e todos velar por ele.

Direção Geral do Portal Desacato e Presidência da CCS.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.