Nota de repúdio dos estudantes pelas demissões na Unochapecó

Foto: Pedro F. Alba Zardo.

O Movimento Revolução PELO Conhecimento, representado aqui: 1) pela entidade máxima de representação estudantil dentro da Unochapecó, o DCE; 2) estudantes de diversos cursos da Unochapecó, representados ou não pelos seus Centros Acadêmicos; 3) professores da Unochapecó, representados ou não pelo Sindicato; 4) moradores da comunidade regional:

Demissões na Unochapecó: Nossa solidariedade à professora Ilka Goldschmidt

Vem a público manifestar nossa extrema INDIGNAÇÃO e REPÚDIO às recentes demissões arbitrárias de mais de dez professores da Unochapecó, além da decisão, também unilateral, de AUMENTAR EM 6% A MENSALIDADE Reconhecemos na maioria do quadro docente desligado o patrimônio científico e intelectual da nossa universidade. Considerando que algumas justificativas dadas a tais professores foi a reestruturação acadêmica por conta de crise financeira, ressaltamos que em nenhum momento foi discutida com a comunidade acadêmica e regional tal problemática e, menos ainda, as vias de para sair desta crise.

Como já manifestamos há algumas semanas, EXIGIMOS mais transparência, mais diálogo e explicações públicas sobre o que está acontecendo na Unochapecó. Isso é indispensável à necessidade de CONSTRUÇÃO COLETIVA de saídas alternativas que não sejam DEMISSÕES ARBITRÁRIAS e o consequente sucateamento da NOSSA universidade. Chega de irresponsabilidade e postura antidemocrática que caracterizarem a gestão da nossa universidade.

Assinam abaixo estudantes, professores e funcionários da Unochapecó, além de habitantes da comunidade regional à qual a referida universidade abrange, que REPUDIAM as recentes demissões arbitrárias e aumento de mensalidade e EXIGEM mais transparência e participação ativa nas decisões que afetam a comunidade que usufrui e participa das atividades da Unochapecó.

Saiba mais:

Estudantes da Unochapecó denunciam demissões de professores e técnicos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.