“Nós sabemos pelo o que estamos lutando”, o discurso que viralizou

O famoso discurso de Ana Júlia, estudante secundarista, que defendeu a legitimidade do movimento das ocupações das escolas de todo o Brasil, surpreendeu os deputados na Assembleia Legislativa do Paraná

Por Caroline Dall’Agnol, de Caxias do Sul, para Desacato.info.

A estudante Ana Júlia Pires Ribeiro, de 16 anos de idade, ganhou destaque essa semana nas redes sociais. A fala – realizada na última quarta-feira, 26 – que viralizou foi em defesa dos/das estudantes das ocupações das escolas de todo o Brasil. Ela foi recebida para discursar, na Assembleia Legislativa do Paraná, sobre as mobilizações. Mais de mil escolas seguem ocupadas em todo o país, além de universidades e institutos federais.

A aluna do Colégio Estadual Senador Manuel Guimarães, em Curitiba, impressionou o país com o empoderamento e a consciência política presentes no discurso que defende a legitimidade do movimento. “Somos um movimento que se preocupa com as gerações futuras. Um movimento que se preocupa com a sociedade. Que se preocupa com o futuro do país.”, afirma a estudante.

A jovem fez críticas aos projetos Escola Sem Partido, muito conhecido como a Lei da Mordaça, a Reforma do Ensino Médio e a polêmica PEC 241. “A PEC 241 é uma afronta! É inconstitucional. É uma afronta à Constituição Cidadã de 1988. Nela a gente tem a seguridade social. A PEC 241 acaba com isso!”, analisa Ana Júlia.

Acompanhe o discurso na íntegra:

Leia também:

Nenhum país adotou teto de gastos como o da PEC 241

PEC 241, o cão mordendo o rabo

Ocupa Udesc

 

Você precisa estar logado para postar um comentário Login