Mulheres serão homenageadas

2017-03-18 09:28
Mulheres serão homenageadas

O mandato do vereador Lino Peres fará duas homenagens na sessão ordinária de segunda-feira, 20, a partir das 16 horas, no Plenário da Câmara Municipal de Florianópolis. Na Sessão, será feita a entrega da Medalha Antonieta de Barros às advogadas e lutadoras Luzia Maria Cabreira e Daniela Felix. Para o mandato e para a população de Florianópolis, essas homenagens representam a oportunidade de reconhecer pessoas que no cotidiano atuam em defesa da qualidade de vida da cidade e de seus moradores em diferentes âmbitos. A Medalha Antonieta de Barros homenageia mulheres com destaque nas áreas cultural, política, desportiva, empresarial e de prestação de serviço ou ação social no município. Tendo o nosso mandato como uma das tarefas contribuir com a ação dos movimentos sociais em prol dos direitos e cidadania, cabe-nos, valorizar e dar visibilidade a militantes ou ativistas sociais que no seu dia-a-dia contribuem para que a população carente de diferentes segmentos da luta social possa ser estimulada para a garantia de seus direitos.

Saiba mais sobre as homenageadas:

Luzia Maria Cabreira é natural de Criciúma, Advogada formada pela Universidade Federal de Santa Catarina com Pós Graduação em Direito Penal, Processo Penal pela UNIVALE e Direito Agrário pela UFG Universidade Federal de Goiânia. É Advogada militante de Direitos Humanos que atua junto aos movimentos sociais há 20 anos.

Iniciou sua trajetória acadêmica e social como sindicalista do sindicato dos metalúrgicos de Criciúma no final da década de 80, depois como advogada sempre atuou buscando a concretização de direitos junto às profissionais do sexo, à luta por terra, à luta por moradia, ao movimento da População em Situação de Rua e ao Movimento Passe Livre – MPL.

Atua também na busca pelo fim da violência policial nas comunidades de periferia,desempenhando importante atividade pela Rede de Advocacia Popular em defesa dos movimentos que tomaram e ocuparam as ruas, e também as escolas em 2016, contra o golpe em favor da democracia.

 Daniela Felix é mulher, feminista, militante de Direitos Humanos. Professora de Direitos Humanos, Penal, Processo Penal e Prática Jurídica. Mestre em Direito pela UFSC, na área da Criminologia Crítica. Ainda, é Advogada Popular. É articuladora da Rede Nacional de Advogadas e Advogados Popular – RENAP, compõe os Coletivos de Gênero Marietta Baderna, Catarina de Advocacia Popular e a Frente de Juristas Pela Democracia em SC.
No estado atuou e atua, direta e indiretamente, com os Movimentos de Luta pela Terra, Atingidos por Barragens, Reforma Urbana, Passe Livre, Feministas, Populações em Situação de Rua, Comunidades do Maciço do Morro da Cruz, Política Prisional e Penitenciária e, especialmente no ano de 2016, todos os Coletivos e Militâncias que ocuparam as ruas, escolas e universidades.

Deixe uma resposta