‘Mulheres da Terra’ inaugura feira de orgânicos e coloniais na UFRGS

Foto: Maiara Rauber./ MST.

Por Maiara Rauber.

Os acadêmicos que frequentam o Campus do Vale da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), na Zona Leste de Porto Alegre, agora podem comprar alimentos orgânicos e coloniais na feira do coletivo Mulheres da Terra, do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). O novo ponto foi inaugurado no último dia 4, na Faculdade de Agronomia.

Quatorze famílias do Assentamento Filhos de Sepé, de Viamão, na região Metropolitana de Porto Alegre, fazem parte do coletivo Mulheres da Terra. O grupo já realiza feiras desde 2009 em outros dois pontos da cidade: um na Reitoria da UFRGS, no bairro Farroupilha, e outro na Faculdade de Geografia, no bairro Agronomia.

De acordo com Seleni de Fátima de Lima, assentada e feirante do MST, esta iniciativa vai além da geração de renda. “É uma forma de divulgar a produção de alimentos saudáveis em nossos assentamentos da Reforma Agrária”, pontua. Ela ainda acrescenta que essa ação na Faculdade de Agronomia é uma grande conquista para o coletivo e o Movimento Sem Terra.

A gestão da Faculdade de Agronomia teve como um de seus objetivos oferecer um espaço para comercialização de alimentos de assentados. Segundo Alberto Bracagioli, professor adjunto do Departamento de Horticultura e Silvicultura, inicialmente docentes e discentes encomendavam produtos por meio de um portal na internet e com o tempo foi implementada a feira num espaço físico. Conforme o professor, em média 200 a 300 alunos circulam diariamente no local.

A feira estará aberta todas as terças-feiras durante o período das 9 horas às 14 horas. Os produtos oferecidos pelas Mulheres da Terra são coloniais e orgânicos. Esses são certificados pela Cooperativa Central dos Assentamentos do RS (Opac-Coceargs). Os estudantes, professores e servidores podem comprar hortaliças em geral, panifícios, arroz, geleias, sucos, frutas e raízes.

Confira o preço de alguns alimentos

Orgânicos

Alfaces mimosa, lisa, crespa, americana: R$ 2,50 unidade
Rúcula: R$ 2,50 unidade
Dente de Leão: R$ 2,50 unidade
Radiche: R$ 2,50 unidade
Espinafre: R$ 2,50 unidade
Ora-pro-nóbis: R$ 2,50 unidade
Limão: R$ 4,00 kg
Laranja: R$ 4,00 kg
Banana: R$ 4,00 kg
Batata-doce: R$ 4,00 kg
Aipim: R$ 5,00 kg
Cenoura: R$ 3,50 unidade
Inhame: R$ 7,00 kg
Feijão: R$ 8,00 kg
Arroz cateto integral: R$ 8,00 kg
Arroz agulhinha integral: R$ 6,00 kg
Arroz agulhinha branco: R$ 5,00 kg

Coloniais

Pães veganos (aipim, integral, abóbora): R$ 5,00 a R$ 8,00 unidade
Pães de couve, aipim, cenoura, integral: R$ 5,00 unidade
Ovos: R$ 9,00 dúzia
Chips de mandioca: R$ 3,00 unidade
Palitos de soro, linha de gergelim: R$ 3,00 unidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.