Dia de muitas emoções

Publicado em: 03/03/2011 às 21:29
Dia de muitas emoções

 

Hoje cheguei à rádio um pouco antes das 5h e a essa hora não imaginava quantas experiências maravilhosas me esperavam para o dia de hoje. Só voltei agora, perto das 17h . O dia foi muito cheio, emocionante e produtivo.

O jornalista da Tv Globo, Mario Castro, que fez seu mestrado em Aquicultura, na USP (sim, Brasil!), na década de oitenta, está arriscando conversas em português comigo e me ajudou muito. Na verdade, foi fundamental. Fui com ele e mais um cinegrafista da TV Globo cobrir manifestções de professores. Vivi um momento muito, mas muito emocionante. Tirei fotos e gravei vídeos. Quase chorei, sério. Fomos a outro protesto, onde comprei algumas lembrancinhas, acompanhei o movimento dos professores e fui reconhecida por algumas pessoas. Foi bastante estranho. Andamos para cima e para baixo.

Depois, fomos à casa presidencial. Contatos são TUDO e Mario tem muitos. Entrevistei a ministra dos Direitos Humanos, Ana Piñada e o vice-presidente de Honduras, Samuel Reyes.Tenho fotos do local, que é lindo e da sala de imprensa. Os colegas são muito unidos.

Também me encontrei com o fundador e diretor do jornal El Libertador, Johny Iago. Que homem inspirador! Que história! Não conseguimos terminar toda a conversa, mas trocamos contatos e acho que nos encontraremos mais uma vez, antes de eu ir embora.
Iago disse que aquela poderia ser sua última entrevista dele, mostrando o constante terrorismo em que vive. Foi muito emocionante mesmo, um exemplo de profissionalismo e engajamento.

Mas o dia ainda não terminou. Entrevistei o presidente do Comitê para a Defesa dos Direitos Humanos em Honduras (Codeh), Andrés Pavón. A entrevista foi bastante rápida, mas acho que domingo posso vê-lo novamente. Mario Castro conseguiu marcar uma entrevista com o militar golpista, que atualmente comanda a Hondutel, Romeo Vasquez, para terça-feira, pela manhã.

Mais uma entrevista inesperada aqui no sofá de espera da Rádio Globo: a cantora da Resistência e feminista, Karla Lara, que me contou um pouco sobre o seu trabalho e o papel das mulheres e da cultura no movimentos sociais.

Tudo é muito emocionante e muito melhor do que eu esperava.

Não publico fotos agora porque me empolguei com o dia, bati muitas fotos e a bateria da câmera acabou. À noite carrego, passo p/ o computador e amanhã, assim que tiver acesso à internet, publico.

Um grande abraço a todos.

Saudades do Brasil e da minha mãe.

Beijos,

Lari.

2 Comentários para "Dia de muitas emoções"

  1. Thiago   04/03/2011 at 00:38

    Muiitoooo legal!
    Sabia que você ia arrebentar aí, vai ter muito material ótimo!
    Quero ver os vídeos, quando conseguir postar.

    Saudades enormes!
    Vai Lari!

    Responder
  2. Alexia Cabral   03/03/2011 at 22:20

    Que legal td isso mana!!tomara que continue dando td certo, e que vc com muitas informaçoes pra fazer um trabalho bom!!:)
    QUe bom que ligou!!
    Poxaaa só ta com saudade da mae é?!?!E de mim, heinn?!!hahahaha
    bjaoo

    Responder

Deixe uma resposta