Dia de muitas emoções

 

Hoje cheguei à rádio um pouco antes das 5h e a essa hora não imaginava quantas experiências maravilhosas me esperavam para o dia de hoje. Só voltei agora, perto das 17h . O dia foi muito cheio, emocionante e produtivo.

O jornalista da Tv Globo, Mario Castro, que fez seu mestrado em Aquicultura, na USP (sim, Brasil!), na década de oitenta, está arriscando conversas em português comigo e me ajudou muito. Na verdade, foi fundamental. Fui com ele e mais um cinegrafista da TV Globo cobrir manifestções de professores. Vivi um momento muito, mas muito emocionante. Tirei fotos e gravei vídeos. Quase chorei, sério. Fomos a outro protesto, onde comprei algumas lembrancinhas, acompanhei o movimento dos professores e fui reconhecida por algumas pessoas. Foi bastante estranho. Andamos para cima e para baixo.

Depois, fomos à casa presidencial. Contatos são TUDO e Mario tem muitos. Entrevistei a ministra dos Direitos Humanos, Ana Piñada e o vice-presidente de Honduras, Samuel Reyes.Tenho fotos do local, que é lindo e da sala de imprensa. Os colegas são muito unidos.

Também me encontrei com o fundador e diretor do jornal El Libertador, Johny Iago. Que homem inspirador! Que história! Não conseguimos terminar toda a conversa, mas trocamos contatos e acho que nos encontraremos mais uma vez, antes de eu ir embora.
Iago disse que aquela poderia ser sua última entrevista dele, mostrando o constante terrorismo em que vive. Foi muito emocionante mesmo, um exemplo de profissionalismo e engajamento.

Mas o dia ainda não terminou. Entrevistei o presidente do Comitê para a Defesa dos Direitos Humanos em Honduras (Codeh), Andrés Pavón. A entrevista foi bastante rápida, mas acho que domingo posso vê-lo novamente. Mario Castro conseguiu marcar uma entrevista com o militar golpista, que atualmente comanda a Hondutel, Romeo Vasquez, para terça-feira, pela manhã.

Mais uma entrevista inesperada aqui no sofá de espera da Rádio Globo: a cantora da Resistência e feminista, Karla Lara, que me contou um pouco sobre o seu trabalho e o papel das mulheres e da cultura no movimentos sociais.

Tudo é muito emocionante e muito melhor do que eu esperava.

Não publico fotos agora porque me empolguei com o dia, bati muitas fotos e a bateria da câmera acabou. À noite carrego, passo p/ o computador e amanhã, assim que tiver acesso à internet, publico.

Um grande abraço a todos.

Saudades do Brasil e da minha mãe.

Beijos,

Lari.

2 COMENTÁRIOS

  1. Muiitoooo legal!
    Sabia que você ia arrebentar aí, vai ter muito material ótimo!
    Quero ver os vídeos, quando conseguir postar.

    Saudades enormes!
    Vai Lari!

  2. Que legal td isso mana!!tomara que continue dando td certo, e que vc com muitas informaçoes pra fazer um trabalho bom!!:)
    QUe bom que ligou!!
    Poxaaa só ta com saudade da mae é?!?!E de mim, heinn?!!hahahaha
    bjaoo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.