MST e MAB mobilizam mil pessoas

Publicado em: 10/06/2011 às 10:00
MST e MAB mobilizam mil pessoas

Por Rui Fernando Neto e Pepe Pereira dos Santos.

AGECON – RPCC

Duas ocupações no planalto catarinense

O frio não assustou os lutadores do povo e na manhã desta segunda-feira, 6 de junho de 2011, o Movimento Sem Terra e o Movimento dos Atingidos por Barragens ocuparam simultaneamente o canteiro de obras da Usina Hidrelétrica Garibaldi, no município de Abdon Batista, e um latifúndio improdutivo em Cerro Negro, cidade vizinha. 700 pessoas dos dois movimentos estão trancando as obras da barragem e outras 300 pessoas fazem a luta pela terra no município vizinho.

Os funcionários da empresa apoiam a mobilização e afirmam que as condições em que trabalham são precárias e que a empresa tem tradição em quebra de contrato e desrespeito às leis trabalhistas. As famílias vizinhas da obra, que ainda não estão organizadas como atingidas, também demonstraram solidariedade para como os manifestantes, servindo-lhes de água e de seus pomares. Os atingidos reafirmaram as injustiças que estão sendo cometidas pela empresa construtora Triunfo.

As lutas devem pressionar a empresa concessionária das obras e Governos de todas as esferas para que as vidas sejam levadas em consideração ao construir o desenvolvimento do país. Até agora a empresa não se manifestou e o Governo Federal já respondeu a pauta da Reforma Agrária, mas ainda não colocou em prática.

As ocupações seguirão até que sejam resolvidos os conflitos e os trabalhadores tenham suas reivindicações atendidas.  Águas para vida e não para a morte! Reforma Agrária por Justiça Social e soberania popular

De Abdon Batista – SC

Setor de Comunicação MST-SC

Foto: Pepe Pereira dos Santos.

 

Deixe uma resposta