MP da Grilagem segue para sanção presidencial

Publicado em: 24/05/2017 às 09:39

Não surpreende o fato de, em meio ao caos institucional e político, o núcleo duro de Michel Temer siga tramitando sua agenda ultraliberal e de supressão de direitos antes que este governo se dissolva.

MP da Grilagem segue para sanção presidencial

O Senado ratificou nesta terça-feira (23) as medidas provisórias 756 e 758 conhecidas como “MP da Grilagem”. Com tramitação capitaneada pelo senador do PMDB de Roraima, Romero Jucá, elas agora seguem para a sanção presidencial.

O destaque do texto vai para a Floresta Nacional de Jamanxim, na região de Novo Progresso (PA), que foi rebaixada a área de proteção ambiental (APA) e passa a permitir a prática de mineiração e pecuária. Além disso, deve haver a redução de 468 mil hectares, quase 40% de sua área atual.

Os defensores da medida falam em “pacificação” na região, pois regulariza as invasões de terra. Ambientalistas e estudiosos das questões ambientais discordam e acreditam que a medida irá estimular o desmatamento e a ação de grileiros.

Não surpreende o fato de, em meio ao caos institucional e político, o núcleo duro de Michel Temer siga tramitando sua agenda ultraliberal e de supressão de direitos antes que este governo se dissolva.

Fonte: Alerta Social

Deixe uma resposta