Morre Tomás Borge, comandante da Revolução nicaraguense

O comandante da revolução nicaragüense Tomás Borge morreu nesta segunda-feira depois de várias semanas de internação em terapia intensiva depois de uma intervenção cirúrgica no pulmão, informou o governo por intermédio de Rosário Murillo.

Borge, o único sobrevivente dos fundadores da Frente Sandinista de Libertação Nacional (FSLN), morreu às 20h30, hora local, indicou a coordenadora do Conselho de Comunicação e Cidadania, em mensagem transmitida pelos meios sandinistas de imprensa.

Aos 82 anos de idade, o destacado intelectual e revolucionário encontrava-se em estado de coma desde 6 de abril, no hospital militar Doutor Alejandro Dávila Bolaños de Manágua, sob cuidados médicos especializados.

Tomás, disse Murillo, “terminou sua vida revolucionária a serviçio do povo, rodeado por seus familiares no momento de sua partida para a imortalidade”.

Borge foi uma das pessoas mais queridas pelo povo desta nação centro-americana.

Fuente: Prensa Latina.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.