Militante registra Boletim de Ocorrência contra Raul Gransotto, em São Miguel do Oeste/SC

Militante registra Boletim de Ocorrência contra Raul Gransotto, em São Miguel do Oeste/SC

Por Claudia Weinman, para Desacato. info. 

A Militante do Coletivo Feminista da Pastoral da Juventude do Meio Popular (PJMP) e Pastoral da Juventude Rural (PJR), Maire Hoffmann, registrou na manhã desta segunda-feira, dia 28 de novembro de 2016, um Boletim de Ocorrência contra o ex-vereador de São Miguel do Oeste/SC, Raul Gransotto.

A ação foi motivada, após um comentário na rede social facebook, onde Raul Gransotto expressa um pensamento machista que atinge diretamente a militante, conforme foto abaixo:

b9854c04-5601-451d-88cb-75a34df2340e
Comentário feito por Raul Gransotto.

Uma nota foi divulgada no dia de ontem, assinada pelo coletivo Feminista e em nome de companheiros/as da PJMP e PJR. No documento, a militância questiona o agressor: “Que exemplo de sociedade vamos construir com pessoas que desejam implantar um padrão de beleza mercantil? Quem chama a nós mulheres de vagabundas pelo fato de denunciarmos as injustiças e de nos posicionarmos em defesa da vida?”, menciona-se.

Segundo a militante, o Boletim de Ocorrência foi registrado e uma ação já foi encaminhada para que a Justiça de São Miguel do Oeste tome um posicionamento frente as expressões utilizadas pelo ex-vereador.

Maire salienta ainda que por longos anos as mulheres sofreram com a opressão da sociedade machista. A história segundo ela, mostra que por muito tempo elas não possuíam direito ao voto, os salários sempre foram inferiores aos dos homens e além disso, sofriam com a violência nas ruas e com a violência doméstica. Nos dias atuais, mesmo com os avanços conquistados, ela destaca que as mulheres continuam sofrendo agressões físicas e psicológicas, por parte de pessoas que compõe a sociedade e que não aceitam dialogar com as mulheres em equanimidade. “Isso precisa acabar”, afirmou.

O Portal Desacato também divulgou uma nota no dia de ontem, pedindo que a Justiça cumpra seu papel e tome as providências necessárias, a fim de coibir esse tipo de atitude. Confira:

Comunicado

O Portal Desacato, através da sua Direção, exige da Justiça do Município de São Miguel do Oeste, Santa Catarina, que investigue os motivos, e puna com rigor, os dizeres do cidadão Raul Gransotto, ao que se sabe, ex-vereador dessa Cidade, dirigidos à militante da Pastoral do Meio Popular e trabalhadora da Paróquia São Miguel Arcanjo, Maire Hoffman.

Ver: Desacato. 

A Direção do nosso portal se preza da amizade com dita militante das causas populares, pela sua honestidade, sentido de justiça e dom de cidadã. Repudiamos esse machismo grosseiro, apátrida e venal que destila a ‘mensagem’ desse senhor e afirmamos, como veículo independente de comunicação, nosso compromisso com a Justiça, a Classe Trabalhadora e os Lutadores Sociais. A Sociedade, para o bem da sua saúde coletiva, deve punir estes elementos que usam a violência como arma para amedrontar o senso crítico da civilização.

Florianópolis, 26 de novembro de 2016.

Você precisa estar logado para postar um comentário Login