Milhares de pessoas reclamam a independência do País Basco

Publicado em: 20/04/2014 às 19:37
Milhares de pessoas reclamam a independência do País Basco

Irunea-1576Aberri_Eguna

(Português de Portugal).- Apesar da chuva e dos controlos de estrada da Guarda Civil, milhares de pessoas – 25 mil de acordo com a organização – reclamaram hoje em Iruñea [Pamplona] a independência de Euskal Herria, participando na manifestação do Aberri Eguna [Dia da Pátria] convocada pela rede Independentistak e apoiada pelos partidos Sortu, EA, Aralar, Alternatiba e Abertzaleen Batasuna.

Os manifestantes partiram dos cinemas Golem gritando palavras de ordem a favor da independência e seguindo atrás de uma enorme ikurriña e de uma faixa com o lema «Independentzia». Mesmo no início da marcha, Garbiñe Bueno, porta-voz da Independentistak, disse aos meios de comunicação que «a independência é a única alternativa real de futuro capaz de dar resposta aos anseios e necessidades dos cidadãos bascos».

Precedidos por um forte dispositivo policial, os manifestantes, que levavam ikurriñas e bandeiras catalãs e escocesas, percorreram as ruas do centro da cidade até ao Passeio Sarasate, onde foram recebidos pelo Hino de Navarra. No acto político que se seguiu, num estrado colocado junto ao Monumento aos Foros, saudaram-se os participantes da ANC catalã e do SNP escocês que participaram na manifestação.

Irunea-1578Aberri_Eguna

Em nome da rede Independentistak, Txutxi Ariznabarreta disse que, de acordo com alguns sectores, a independência «irá gerar conflito, divisão e ruptura na sociedade basca, porque em Euskal Herria há uma grande diversidade de identidades, linguística e cultural», apresentando os estados como «garantes do respeito por essa diversidade».

Para Ariznabarreta, essa afirmação é um «grande disparate», pois os estados espanhol e francês «jamais respeitaram ou irão respeitar a diversidade, negam a identidade nacional basca e impõem única e exclusivamente a espanhola e a francesa, a sua língua e a sua cultura, desprezando e atacando todas as outras».

Irunea-1579Aberri_Eguna

Para este porta-voz da plataforma, só a independência garante o respeito por essa diversidade e, por essa razão, fez um apelo a todos os cidadãos bascos para que participem, «para lá das suas sensibilidades políticas e sentimentos concretos, na construção do Estado basco, por ser a melhor alternativa para todas e todos».

À manifestação e ao acto político, seguiu-se a chamada «Indefesta», que incluiu um almoço popular no pavilhão Anaitasuna e actuações musicais na Alde Zaharra [Parte Velha] da cidade. / Ver: naiz.info /

Fotos: Aberri Eguna em Iruñea (naiz.info)

Fonte: PaísBascoBlogspot

Deixe uma resposta