MEC contraria Justiça e divulga resultados do Sisu por minutos

Foto: Luis Fortes/MEC.

Apesar de a Justiça Federal suspender a divulgação de resultados pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), estudantes relataram que conseguiram visualizar notas de corte nesta terça-feira 28. Segundo decisão judicial, a plataforma não poderia publicar estas informações porque o Ministério da Educação (MEC) ainda não provou que solucionou totalmente os erros na correção do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Em nota, a pasta comandada por Abraham Weintraub admitiu que as listas do Sisu foram visualizadas “por alguns minutos”, durante o período da manhã. No entanto, o ministério diz que as informações veiculadas “não representam o resultado oficial” e que a divulgação “continua suspensa”.

Nas redes sociais, candidatos postaram fotos e capturas de tela com resultados que, supostamente, seriam da edição 2020 do Sisu.

Em sua conta no Twitter, o presidente da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES), Pedro Gorki, acusou o MEC de descumprir uma ação judicial.“Temos provas de que durante aproximadamente 3 minutos o resultado do Sisu foi divulgado no dia de hoje, demonstrando que o MEC descumpriu uma ação da Justiça Federal. Além do ministro da Educação desrespeitar os estudantes, ele desrespeita também a Justiça. Vem processo aí!”, escreveu Gorki.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.