Mataram a Emo! Basta Lobo, já basta!

Publicado em: 07/09/2011 às 18:26
Mataram a Emo! Basta Lobo, já basta!

MAHADEO ROOPCHAND SADLOO SADLOO PRESENTE!

Uma nova página de horror vive o Povo Hondurenho. Há já a crença de que o crime do militante indiano Emo foi um crime político. Desacato, como veículo de comunicação vinculado estreita e diariamente à Resistância Hondurenha, além de lamentar a morte deste líder da resistência acaba de enviar ao vivo por Rádio Globo Honduras, nosso abraço de condolência e afeto ao massacrado povo de Morazán.

O Portal Desacato repudia, de maneira veemente este crime, e exige do Presidente continuador da Ditadura, Porfírio Lobo Sosa a apuração deste fato e o fim desta perseguição interminável aos trabalhadores, estudantes e professores hondurenhos.

Sr. Lobo, o mundo olha com dor e vergonha para Honduras!

Emo Presente! na história de Resistência da América Pobre em busca da Liberdade!

Raul Fitipaldi – Diretor Geral do Portal Desacato

*O militante Emo, nascido na Índia, militava ativamente na Frente Popular de Resistência, surgida do Golpe de Estado em Honduras. Querido pela população, borracheiro de profissão, acompanhou Zelaya na sua estância longa na Embaixada do Brasil. Este trabalhador era referência social e muitos até queriam Emo, na conduçaõ da cidade capital de Honduras, Tegucigalpa.

Pido castigo

(Pablo Neruda )

Por estos muertos, nuestros muertos
pido castigo.
Para los que de sangre salpicaron la patria
pido castigo.
Para el verdugo que mandó esta muerte
pido castigo.
Para el traidor que ascendió sobre el crimen
pido castigo.
Para el que dio la orden de agonía
pido castigo.
Para los que defendieron este crimen
pido castigo.

No quiero que me den la mano
empapada con nuestra sangre
pido castigo.
No los quiero de embajadores
tampoco en su casa tranquilos.
Los quiero ver aquí juzgados
en esta plaza en este sitio.
Quiero castigo,
quiero castigo.

Deixe uma resposta