Mario Frias diz que nomeação para a Secretaria de Cultura só depende de Bolsonaro

Em vídeo, o ator afirmou que "nesse momento o que o Brasil mais precisa" é apoiar o presidente, sem mencionar a situação do setor cultural e as milhares de vidas perdidas com a pandemia

Imagem: Reprodução
Por Lucas Rocha.

O ator Mario Frias publicou um vídeo no Instagram nesta quinta-feira (21) dizendo que ainda não assumiu a Secretaria Especial de Cultura do governo do presidente Jair Bolsonaro, mas que há uma “possibilidade real” que só depende do ex-capitão.

“Disseram que eu já assumi a Secretaria de Cultura, mas não é verdade. O que aconteceu é que eu tive a oportunidade de passar esses dois dias com o presidente Jair Bolsonaro. Existe essa possibilidade real, mas só quem pode divulgar e assinar é o presidente”, declarou.

Frias ainda incitou os bolsonaristas a defenderem o presidente. “Quero dar um recado: você que acredita no presidente, não tenha medo! Bote pra fora, diga o que você pensa em alto e bom som”, disse o ator.

Segundo ele, essa apoio é “nesse momento o que o Brasil mais precisa e é o que o nosso presidente mais precisa”, sem mencionar sobre a pandemia do coronavírus que tem feito em torno de mil vítimas fatais por dia, ou até mesmo as dificuldades que os artistas tem passando durante esse período sem fonte de arrecadação.

Frias se reuniu com Bolsonaro no Palácio do Planalto na quarta-feira e teria aceitado o convite para assumir o posto que foi deixado vago após a saída de Regina Duarte. A atriz ficou menos de três meses no cargo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.