Mapa do Coração

Por Raul Longo.

Siga toda vida

pela estrada da esperança.

Atravesse a tênue

ponte da luz.

 

Não dobre,

não vire.

Direita ou esquerda

é sempre atrás do sonho.

 

E do sono

somente o sonho

é definitivo

(mais do que a morte).

 

Siga rumo norte.

Preste atenção

no primeiro olhar sincero.

 

Mas não se engane:

pode ser de uma criança

ou de um velho.

 

Até pode ser o de uma mulher,

sem rosas na mão.

 

Só não pode a solidão.

 

Pode ser o moço

que fui amanhã,

do passado

que jamais serei ontem.

 

Preste muita atenção

no silêncio de um olhar sincero.

 

Ali eu moro,

é minha casa:

sem portas

e sem chaves.

 

Sem janelas

e cortinas.

Sem segredos,

nem mistérios.

 

Preste atenção no

silêncio

e – por favor –

não fale alto.

 

Entre calma e sorrateira.

Não me assuste

e nem me acorde.

Nunca durmo,

mas posso estar te amando.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.