Mapa do acolhimento para mulheres vítimas de violência sexual

Mapa-do-Acolhimento

O estupro coletivo de uma adolescente de 16 anos, que chocou o Brasil no mês passado, infelizmente não é um caso raro. Segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a cada 11 minutos uma mulher é estuprada no Brasil. São mais de 500 mil estupros por anos, sendo que 89% das vítimas são mulheres. Se uma parte da sociedade insiste em culpar a vítima, há quem trabalhe não apenas contra a cultura do estupro que forma os agressores, mas também em ajudar as vítimas.

Uma campanha nacional desenvolvida pela Rede Nossas Cidades desembarcou por aqui nessa semana. Com a parceria da Rede Minha Blumenau, o Mapa do Acolhimento é uma plataforma online  para unir as mulheres vítimas de violência sexual a atendimentos especializados neste tipo de situação. No caso, o site recebe cadastros de terapeutas e profissionais da área de saúde que desejarem voluntariamente atender algumas das vítimas.

Pessoas interessadas na mobilização também podem se inscrever em uma sessão chamada #MulheresMobilizadas. Essas pessoas avaliarão os serviços públicos especializados neste tipo de atendimento.

“Eu não acho justo e nem normal que nós mulheres tenhamos que conviver com o medo diário do assédio e da violência sexual. Pior do que isso, é saber que quando uma mulher passa por este tipo de situação, muitas vezes não encontra o acolhimento e o atendimento adequado. Vamos nos unir e nos acolher, nenhuma mulher merece sofrer sozinha!”, afirma Amanda Tiedt, da Rede Minha Blumenau.

ACESSE O SITE
www.mapadoacolhimento.nossascidades.org

Fonte: Cidade Plural.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.