Manifestação dos Pescadores contra a Megalo-Marina

Foto: Reprodução Pixabay.

No sábado dia 01/12 os pescadores e pescadoras do João Paulo, segunda maior colônia de pesca de Florianópolis, fizeram uma manifestação contra a construção da Marina na beira-mar norte. Eles estão preocupados com os impactos ambientais que serão causados pela obra e pelo aumento na quantidade de embarcações motorizadas que passarão a circular pela baia, afetando diretamente a pesca e consequentemente a sobrevivência de suas famílias e da cultura da pesca artesanal.

Por volta das 10h mais de 15 barcos de pesca passaram pelo trapiche em direção a ponte, buzinando e levando faixas com dizeres como “Pesca gera renda”, “O Turismo tem que manter a cultura local” e “Preservar o Meio Ambiente”. Na volta do trajeto, os pescadores se juntaram com apoiadores que aguardavam no trapiche, levando as faixas para os semáforos na beira-mar para mostrar seu descontentamento para a população, recebendo em troca buzinaços em apoio a causa.

Nós do Movimento Ponta do Coral 100% Pública estivemos lá apoiando, pois entendemos que a luta contra esta verdadeira “Megalo-Marina” é de todos, pois quem vive a cidade será profundamente afetado pelos impactos ambientais, paisagísticos e de mobilidade urbana que esta obra trará se concretizada. Também nos colocamos contra a obra pois não está sendo feito nenhum debate profundo com a sociedade como um todo (mais detalhes em nossa nota pública).

 

 

 mais de 35 anos o Movimento Ponta do Coral 100% Pública vem lutando para que a Ponta do Coral resista aos interesses poderosos do setor imobiliário especulativo, batalhando pela criação do Parque Cultural das 3 Pontas que uniria a Ponta do Coral, Ponta do Goulart e Ponta do Lessa, preservando o meio ambiente, e incentivando a cultura e economia local. Mais do que por uma região, lutamos por um modelo de cidade verdadeiramente democrático e que concilie o crescimento populacional e urbano com aspectos ambientais, culturais, antropológicos, históricos e sociais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.