Líderes mundiais se solidarizam com México após novo terremoto

Até o momento 224 pessoas morreram e um total de 45 edifícios caíram totalmente ou parcialmente com o tremor; em seis deles acredita-se que há pessoas presas
Líderes mundiais se pronunciaram sobre o novo terremoto que atingiu o México nesta terça-feira (19/09). Pelo menos 224 pessoas morreram durante o abalo sísmico. Um total de 45 edifícios que caíram totalmente ou parcialmente com o tremor, com uma magnitude 7,1 na escala de Richter, e em seis deles acredita-se que há pessoas presas.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, expressou na terça-feira seu pesar pelo terremoto ocorrido hoje no México e disse que as Nações Unidas estão prontas para prestar sua assistência.

Por meio do seu porta-voz, Guterres expressou sua tristeza por esta tragédia e estendeu suas condolências ao governo e o povo do México, ao mesmo tempo que espera a rápida recuperação dos feridos.

“O desastre de hoje acontece apenas duas semanas depois de o país sofrer um forte terremoto, que já tinha resultado em uma significante perda de vidas e de sofrimento”, lembra a nota oficial.

O papa Francisco pediu, nesta quarta-feira (20/09), orações “para toda querida população mexicana”.

“Ontem um terrível terremoto assolou o México. Deixou inúmeras vítimas e danos materiais. Neste momento de dor, quero manifestar minha proximidade e oração para toda querida população mexicana”, disse Francisco, em saudação dos fiéis de língua espanhola.

A chanceler alemã, Angela Merkel também expressou sua solidariedade com o México.

“Solidariedade com o México. Os nossos pêsames a quem perdeu um ente querido. Ânimos às equipes de resgate”, escreveu, em espanhol, o porta-voz do Governo, Steffen Seibert, em nome da chanceler na sua conta do Twitter.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.