Kojodá – O calendário yorubá que dedica cada dia a um orixá

No mundo atual, nós estamos acostumados com o calendário de 7 dias na semana, conhecido como calendário Gregoriano. Esse calendário foi quase que imposto pela igreja Católica, é o calendário promulgado pelo Papa Gregório XIII em 1582 e adotado imediatamente por Espanha, Itália, Portugal, Polônia e, posteriormente, por todos os países ocidentais e consequentemente suas colônias.

Mas, sabemos que há outros modos de se contar o tempo e esse caso se aplica também ao povo Yorùbá e seu Kojodá. Geralmente ao perguntar para um nigeriano os dias da semana, ele irá responder assim: Aiku, Aje, Isegun, Ojoru, Ojobo, Eti e Abameta. Esses dias da semana inclusive são ensinados nos Cursos de Introdução ao Idioma Yorùbá (Apostila com Áudios) e no Curso Intermediário de Yorùbá (Apostilas e Áudios).

Mas há uma outra forma!

O ano do calendário iorubá (Kojodá) vai de 3 de junho a 2 de junho do ano seguinte. De acordo com este calendário, o ano gregoriano de 2018 é o ano 10061 da cultura yorùbá. A semana tradicional de iorubá tem quatro dias e não os sete mencionados acima que são adaptações do nosso.

Os quatro dias dedicados aos Òrìsà são os seguintes:

Ojo Ògún;

Ojo Jakuta;

Ojo Ose;

Ojo Awo.

O SIGNIFICADO DAS SEMANAS

Veremos agora o significado de cada dia e a quem, qual é o òrìsà é dedicado. Lembrando que não é um significado fixo, pois em cada cidade o significado muda e isso nos remonta ao que sempre digo: não há donos da verdade, há verdades diferentes para cada pessoa.

OJO ÒGÚN

Os Yorùbá contam esses quatro dias da semana a partir de Ojo Ògún (Dia de Ogum, o deus do ferro). Ojo Ògún é o primeiro dia da tradicional semana Yorùbá e é o dia em que o Ològún ou os adoradores e devotos de Ògún adoram esta divindade em particular.

Em Ojo Ògún, os Ològúns adoram e comemoram com vários alimentos considerados os favoritos de Ogum. Estes incluem ekuru (um tipo de pudim de feijão cozido no vapor), ewa (feijão) e iyan (inhame picado). No entanto, o item mais importante do sacrifício em Ojo Ògún é o cão – Ajá. Já que Ògún gosta de dieta balanceada, parece que Ojo Ògún será meu dia favorito da semana.

A propósito, em algumas outras partes das terras Yorùbá, também é chamado Ojo Osoosi, em homenagem a outro deus, Osoosi, que é considerado como o irmão de Ogum e Sango.

Esse dia também pode ser dedicado aos òrìsà: Sopanna, Iyaami, and the Egungun.

OJO JAKUTA

Depois de Ojo Ogun vem o segundo dia da semana. Ojo Jakuta também é chamado Ojo Sàngó. Sàngó é o deus yorùbá do trovão, raio e (eletricidade). O dia em algumas partes das terras Yorùbá é chamado Ojo Oya. Neste dia dedicado a Sàngó, seus adoradores saem vestindo roupas vermelhas e brancas brilhantes como essas são as cores favoritas de Sàngó e fazem o culto apresentando itens comestíveis como amala com sopa gbegiri, obí amargo e guguru. (Tudo isso em terras nigerianas e nenhuma relação com o Candomblé no Brasil).

Orixá - Xangô

Para Sàngó, o animal sacrificial mais importante é o carneiro. Jakuta significa “alguém que lutou com pedras”.

OJO OSE

Este é o terceiro dia e é reservado para a adoração de Òrìsà Nlá (A Grande Deidade). O alimento favorito usado para este dia é o ake, mas os caracóis também são usados ??para os sacrifícios. É um dia de grande respeito e que cada ato é bem planejado, respeitando principalmente o uso do branco e evita-se consumo de azeite de dendê e outras coisas que são èwo!

Neste dia especial, todos os adoradores de Òrìsà Nlá usam roupas brancas e limpam todas as suas casas e arredores. Este mesmo dia pode ser dedicado à adoração de Obatala, Sonponna (deus da varíola), Iyaami (as Mães ou Grandes Bruxas) e os Egungun (Máscaras).

OJO AWO

Ojo Awo (Dia da Divindade) é o dia reservado para Ifá (Oráculo) e, assim como Òrìsà Nlá, Ifá também prefere iguarias feitas com a carne. Este mesmo dia também pode ser dedicado para a adoração de Èsù, Òsun e Orunmila.

Para se reconciliar com o calendário gregoriano, os yorùbá também medem o tempo em sete dias por semana e quatro semanas por mês. O calendário de quatro dias foi dedicado aos Òrìsà e o calendário de sete dias é para fazer negócios.

Mas os sete dias também possuem significado para cada Òrìsà ou para determinadas atividades, vejamos:

  •  Domingo – ?j?? Àìkú/?j??-??s??/àko-?j??:
    • Dia da imortalidade – primeiro dia da semana.
  • Segunda-feira – ?j?? Ajé:
    • Dia do lucros, juros, ganhos. Dia em que Ajé veio a Terra.
  • Terça-feira – ?j?? Ì???gun:
    • Dia da Vitória.
  • Quarta-feira – ?j?? rírú:
    • Dia do sacrifício.
  • Quinta-feira – ?j?? rúb?;?j??b?:
    • Dia da nova criação, novo amanhecer.
  •  Sexta-feira – ?j?? ?tì:
    • Dia de impasses.
  • Sábado – ?j?? Àbám??ta:
    • Dia de três moções, dia das sugestões.

OS MESES EM YORÙBÁ – AWON OSHU TABI O?U KÓJÓDÁ

1. ??R? -Janeiro
2. ÈRÉLE (Irele) – Fevereiro
3. ?R?NA -Março
4. IGBE -Abril
5. ?BÍBÍ -Maio
6. ÒKÙDÚ -Junho
7. AG?M? (Ag?m?) -Julho
8. ÒGÚN -Agosto
9. OW?R? (Owewe) -Setembro
10. ?WARO (Owara) -Outubro
11. B?LU (B?lu) -Novembro
12. ?P? (?p?) -Decembro

Acima podemos ver os meses em Yorùbá e abaixo deixo a disposição um calendário Yorùbá – Kójódá antigo, do ano de 2017, mas você pode notar como são divididos os dias e meses e as semanas! Isso ajuda muito quem joga e precisa fazer as oferendas nos momentos certos, principalmente quem é do culto a Ifá.

Educa Yorùbá / Xapuri

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.