Justiça Militar absolve PM que estuprou jovem em viatura

Caso aconteceu em junho, no litoral de São Paulo. Policiais envolvidos no caso poderão retornar à corporação

PM São Paulo. Foto: Reprodução

A Justiça Militar autorizou a soltura dos policiais militares Anderson Silva da Conceição e Danilo de Freitas Silva, presos preventivamente desde junho após denúncia de estupro em uma viatura na Praia Grande, litoral sul de São Paulo. A reintegração à corporação foi publicada no fim de dezembro, no Diário Oficial.

Segundo relatos da vítima, Natália, de 19 anos, os PMs teriam oferecido uma carona até uma estação de ônibus da cidade. Um dos agentes sentou no banco de trás da viatura junto com a vítima, onde teria cometido o estupro. Os policiais confirmaram a carona, mas negaram a violência.

No entanto, imagens de uma câmera de segurança mostraram que um dos soldados de fato embarcou no banco de trás do carro, contrariando a versão dada por eles de que teriam permanecido na parte da frente. Ainda, um laudo do IML também constatou vestígios da agressão.
“Eu vivia a vida de uma jovem normal. Saía com minhas amigas, ia para a academia. Fiquei doente, com anemia”, contou Natália para Universa na época da denúncia. “Amigos se afastaram por não acreditar em mim”, continuou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.