Lideranças da TI Jaraguá decidem ocupar nova área

Redação.

Após negociação das lideranças Guarani da TI Jaraguá, de SP, que sofreram com reintegração de posse, com o comandante da Polícia Militar, a comunidade decidiu deixar a área ocupada atualmente.

No entanto, irão permanecer em acampamento em frente ao terreno, em um espaço próximo ao portão, para não permitir que a Construtora Tenda dê continuidade à obra.

Nesse momento começam a transportar as estruturas para o espaço da nova ocupação.

Nesse momento os Guarani da Terra Indígena Jaraguá de SP se preparam para o enfrentamento com a Polícia Militar que reduziu o tempo de espera para as 15h. A comunidade não vai recuar. Seguirá na defesa de seu território, da natureza e de seu povo.

Comandante da PM responsável pelo despejo na TI Jaraguá diz que não vai aguardar mais até 18 h. Ele reduziu o tempo de espera até as 15 horas.

Karai Poty, da TI Jaraguá, SP, fala sobre a luta na ocupação que segue há 40 dias de resistência

Thiago Karai, da TI Jaraguá, SP, fala sobre a situação da comunidade que sofre com a reintegração

A tropa de choque avançou algumas vezes mas recuou ao perceber que a comunidade não iria retroceder. Vários parlamentares, coletivos e movimentos sociais vieram apoiar a comunidade. Defensoria Pública da União e do Estado de SP, Ministério Público e FUNAI estão presentes.

A PM havia prometido cumprir a ordem de reintegração de posse até às 18h.

Tamikuã Txihi, liderança do Tekoha Itakupe, da TI Jaraguá, fala sobre a reintegração de posse e a resistência da comunidade.

A Polícia Militar chegou às 6 horas da manhã para cumprir a reintegração de posse. Os guarani os esperavam em cima das copas das árvores. A tropa de choque chegou e os guerreiros e guerreiras desceram para evitar que se cumprisse a reintegração.

A comunidade segue resistindo.

Imagens de Aleandro Silva/Cimi SP

David Karai Popygua, Liderança Terra Indígena Jaraguá, de SP, fala sobre o crime cometido pela Construtora Tenda que fica ao lado das aldeias Ytu, Pyau e Yvy Porã. Neste momento a tropa de choque está no local.

Imagens de Aleandro Silva/Cimi SP

Acompanhe ao vivo com imagens de Richard Wera Mirim.

Fotos: Richard Wera Mirim.

A ocupação das obras do condomínio Reserva Jaraguá-Carinás pelos indígenas Guarani Mbya, próximo da Terra Indígena (TI) Jaraguá, está com despejo marcado para esta terça-feira (10). O empreendimento da Construtora Tenda fica ao lado das aldeias Ytu, Pyau e Yvy Porã. Neste momento a tropa de choque está no local.

Fotos: Richard Wera Mirim.
Fotos: Richard Wera Mirim.
Fotos: Richard Wera Mirim.

Richard Wera Mirim informa:

Claudia Baungardt, editora do JTT Indigenista, fala sobre o tema. Mais informações no #JTT Diário, das 18h às 19h.

Ocupação indígena em obra da Tenda pode ser despejada nesta terça-feira

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.